PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Catia Paganote lança biografia: "Fiquei com ator, cantor e até deputado"

Cátia Paganote vai lançar a biografia "Minha Vida é um Xou"   - Divulgação/Leo Ornellas
Cátia Paganote vai lançar a biografia "Minha Vida é um Xou" Imagem: Divulgação/Leo Ornellas

Ana Cora Lima

Do UOL, no Rio

20/02/2019 04h00

Catia Paganote completa 43 anos no dia 20 de março e já decidiu que pretende dar um festão para comemorar a data. O aniversário também servirá de pretexto para o lançamento da biografia "Minha Vida é o Xou", que mal chegou às livrarias e já mudou um pouco a rotina da ex-paquita. 

"Venho recebendo ligações de muitas pessoas que não me ligavam há muito tempo. Todo mundo curioso com o que vou revelar e eu só digo que tudo que está escrito são fatos que aconteceram na minha vida. Não estou falando da vida de ninguém, estou falando da minha", diz ela, que jura não estar preocupada com a possibilidade de vir a desagradar algumas pessoas.

No livro, Catia relembra o tempo em que foi a paquita Miuxa no Xou da Xuxa - Reprodução/Instagram/@catiapaganote - Reprodução/Instagram/@catiapaganote
No livro, Catia relembra o tempo em que foi a paquita Miuxa no Xou da Xuxa
Imagem: Reprodução/Instagram/@catiapaganote
"Claro, que falo de muitos famosos, mas nada ofensivo. Vou evitar dar muitos nomes porque não quero confusão na minha vida, mas vou dar pistas e as pessoas podem até descobrir de qual celebridade estou falando. Eu quero evitar processos", brinca, rindo, a mãe de Valentina, 7 anos. 

Dois capítulos prometem ser os mais polêmicos. O primeiro é sobre os romances vividos por Catia, que já teve três casamentos e namorou bastante. "Tive muitos namoricos e 'peguei' muitos famosos: ator, jogador de futebol, deputado, empresário, nadador, sertanejo e pagodeiro. Dois do mesmo grupo de pagode! Estava solteira", conta.

A trajetória como paquita da segunda geração da Xuxa é outra parte aguardada do relato. Catia, que foi a Miúxa dos 13 aos 19 anos, conta sobre os bastidores do "Xou da Xuxa" e da pressão que sofria por trabalhar em uma das maiores produções da TV Globo.

"Nós nos divertíamos bastante, mas tínhamos regras e condutas de comportamento que eram conduzidas pela Marlene Mattos, como se manter magra, por exemplo. Esse capítulo tem humor, drama e sofrimento. Foi uma época de muito aprendizado".

Expulsão de "A Fazenda 10"

O último capítulo é sobre a participação no reality show "A Fazenda 10", da Record. "Quando entrei eu já tinha o livro organizado e só pedi para os editores esperarem para fechar a biografia bem bacana", explica ela, que foi eliminada na reta final acusada de agredir Evandro Santo. Assim que saiu do programa, Catia disse que sofreu assédio

"No começo fiquei bem chateada com aquela situação, mas vou falar a verdade: hoje eu vejo que me deu mais audiência. A minha saída repercutiu mais do que se eu fosse eliminada pelo jogo mesmo. Foi ótimo!", observa a ex-paquita, que não tem mais contrato com a emissora.

Focada no lançamento do livro, Catia não tem novos projetos à vista na TV, mas não reclama. "Quero ir a todos os eventos [de lançamento] da biografia e continuar com os meus shows dos anos 80, que faço até hoje com a Priscilla Couto, a Catuxita."

Catia chora nos braços de Evandro, que foi o pivô da polêmica que acabou na sua expulsão do reality show - Reprodução/PlayPlus - Reprodução/PlayPlus
Catia chora nos braços de Evandro, que foi o pivô da polêmica que acabou na sua expulsão do reality show
Imagem: Reprodução/PlayPlus

Famosos