PUBLICIDADE
Topo

Especial BBB19

Rodrigo é o quarto eliminado da prova do líder e coloca Alan no Tá Com Nada

Rodrigo participa da sexta prova do líder do programa - Reprodução/GloboPlay
Rodrigo participa da sexta prova do líder do programa Imagem: Reprodução/GloboPlay

Isabella Sarmento

Colaboração para o UOL, em São Paulo

01/03/2019 03h43

Após pouco mais de quatro horas e meia de disputa, Rodrigo foi o quarto participante a abandonar a prova do líder de resistência da noite de hoje. O dramaturgo se desequilibrou e foi obrigado a abandonar a prova. Como foi o quarto participante a deixar a disputa, Rodrigo recebeu a penúltima consequência negativa dos eliminados: "Vá para o Tá com Nada ou coloque alguém no seu lugar", disse o carioca ao ler o cartão. Rodrigo chegou a cogitar assumir a punição, mas acabou escolhendo Alan.

Os outros seis brothers continuam na disputa. A atividade é a sexta prova do líder do "BBB19" e quem vencer permanecerá na liderança por duas semanas.

Rízia foi a primeira participante a deixar a disputa. A jornalista resistiu por cerca de duas horas e vinte minutos. Minutos depois, Tereza também abandonou a prova.

A disputa, de resistência, colocou os brothers em pé dentro de xícaras. Com uma mão acorrentada, os participantes deveriam permanecer em pé, evitando derramar um líquido que imitava café.

Prova do líder - Reprodução/TvGlobo - Reprodução/TvGlobo
Imagem: Reprodução/TvGlobo

Pouco antes do início da prova do líder de hoje, Tiago Leifert explicou ao público que a disputa será a primeira a ter consequências negativas para os brothers que forem eliminados. Os cinco primeiros que deixarem a disputa terão de enfrentar consequências aleatórias, entre elas eliminar alguém da prova. Eles vão ter que pegar uma garrafinha e atacar alguém. Uma das garrafinhas diz até que tem que eliminar alguém", explicou o apresentador.

Paredão fake de Carnaval

Durante o programa ao vivo de hoje, Leifert explicou para o público que as próximas duas semanas no reality terão uma dinâmica atípica. Quem vencer a prova do líder de hoje ficará na liderança por duas semanas, e o paredão do próximo domingo será falso. Em vez de votar em quem deve sair, o público votará em quem quer imunizar.

"Vamos combinar nossa dinâmica. O líder ganha imunidade de duas semanas, e nosso paredão de Carnaval é fake. Neste domingo teremos a urna soberana. O líder vai sortear uma pessoa, e diremos para essa pessoa escolher alguém diretamente à esquerda ou direita no sofá ao paredão. Terão que indicar um amiguinho, mas o paredão será fake e eles não saberão", disse o apresentador.

Especial BBB19