PUBLICIDADE
Topo

Televisão

"Apresentadores da Record sabem que estão na m*** e se ajudam", diz Porchat

Fábio Porchat foi entrevistado no "The Noite" - Reprodução/SBT
Fábio Porchat foi entrevistado no "The Noite" Imagem: Reprodução/SBT

Jonathan Pereira

Colaboração para o UOL

13/03/2019 09h52

Fábio Porchat visitou seu antigo concorrente, Danilo Gentili, para falar como anda a vida depois de dar adeus a seu talk show na Record. No "The Noite" de terça-feira (12), o ator e apresentador - que foi o primeiro entrevistado da atração, há cinco anos - comentou seus projetos para 2019.

Comandar o "Programa do Porchat" durante pouco mais de dois anos foi puxado, confessa. "Saiu um peso. Fazer programa diário dá um bom trabalho, é enxugar gelo. Você consegue um grande convidado, mas e depois? E depois?", angustia-se.

Ele não perde a oportunidade de fazer piada com a antiga emissora. "Você era o único na Record que gritava sem ter um demônio do lado", brinca Gentili. "Tinha, mas você não via, estava ao redor", ironiza.

"Fui muito feliz na Record, foi muito legal, eles me receberam muito bem. Uma coisa muito legal de lá é que os apresentadores todos se ajudam, acho que é porque está todo mundo na merda, todo mundo sabe que precisa da força do outro", dispara. "Se não tem convidado, liga pro [Rodrigo] Faro, ele vem, faz a brincadeira, o [Roberto] Justus também".

Nudez

Porchat fala da experiência na série "Homens", que estreia na próxima segunda (18) às 22h no canal Comedy Central, com oito episódios.

"Nós homens, de modo geral, entre 25 e 45 anos, estamos em um limbo. Os velhos não estão entendendo o que está acontecendo e os novos já vindo diferentes. Homens estão se percebendo machistas. [A série] É o homem tentando perceber como a sociedade tá mudando".

"Fico pelado, de pau de fora. Dá pra ver o órgão, uma loucura. Falei 'vamos fazer'. Tem cenas bem reais. Dá vergonha, um constrangimento. Já fiquei pelado no Porta dos Fundos, em set, é tudo meio ruim", conta.

Televisão