Topo

Novelas


Juliana Paes se inspira em Mary Kay para viver vendedora de bolos em novela

Juliana Paes vende bolos nas ruas de São Paulao em gravação de "A Dona do Pedaço"  - Globo/João Miguel Júnior
Juliana Paes vende bolos nas ruas de São Paulao em gravação de "A Dona do Pedaço" Imagem: Globo/João Miguel Júnior

Guilherme Machado

Do UOL, em São Paulo

06/04/2019 04h00

Em um viaduto próximo ao Parque Ibirapuera, uma simpática vendedora ambulante chama a atenção para os bolos que vende sob o sol escaldante do outono paulistano. Na ficção, Maria da Paz, protagonista da próxima novela das 21h, "A Dona do Pedaço", é cercada por clientes loucos para experimentarem suas guloseimas. Na vida real, Juliana Paes atrai o olhar de curiosos que querem vê-la de perto ou capturar uma imagem da atriz.

"Não é a que fez aquela novela das 21h?", pergunta um deles. Outros, já reconhecendo o rosto famoso, esperavam a oportunidade de uma selfie. E assim, cercada de gente, Juliana vai incorporando a próxima protagonista do horário nobre. Anos depois de "Gabriela" (2012), a intérprete retoma sua parceira com o autor Walcyr Carrasco e, mais uma vez, como a personagem que dá título à trama.

"Confesso que no primeiro momento fiquei: 'Ai, meu Deus! Eu sou a Dona do Pedaço?'. Não quero parecer pedante, mas achava um pouco lúdico o primeiro nome ['Dias Felizes']. Mas depois que entendi a força de ter o título da novela personificado em alguém, que pode criar uma identificação forte", contou Juliana pouco antes de iniciar a filmagem, acompanhada pelo UOL.

A gravação de quarta não foi a única da atriz em São Paulo, que fez cenas em locais como o estádio do Pacaembu. Mulher batalhadora, Maria da Paz irá conquistar seu espaço na metrópole até fundar uma grande rede de lojas de bolos.

"A personagem fala muito do espírito batalhador, aguerrido, do povo brasileiro. É a dona do pedaço que existe em cada um de nós, principalmente nas mulheres. Tenho certeza que em cada mulher existe uma Maria da Paz, que teve que abrir mão de alguma coisa, que não teve medo de enfrentar um trabalho, que acredita que pegar no batente não é vergonha", diz a atriz.

Para buscar inspirações, Juliana afirma ter lido biografias de mulheres poderosas, com a ex-primeira dama dos EUA Michelle Obama e a empresária americana Mary Kay (1918-2001), fundadora da famosa marca de cosméticos. A atriz também tem feito aulas para aprender técnicas de cozinha e confeitaria.

Personagem de Juliana Paes criará império vendendo bolos - Globo/João Miguel Júnior
Personagem de Juliana Paes criará império vendendo bolos
Imagem: Globo/João Miguel Júnior
Mas o caminho de Maria da Paz não será fácil. A história começa com um amor impossível, entre Maria e Amadeu (Marcos Palmeiras). Os dois moram no Espírito Santos e fazem parte de famílias rivais de justiceiros, os Ramirez e os Matheus, que matam por encomenda.

Quando criança, Maria se interessa mais em fazer bolos com sua avó Dulce (Fernanda Montenegro) do que em seguir o desejo de seu pai, Ademir (Genézio de Barros), de também vê-la uma justiceira. Já adulta, ela e Amadeu se conhecem e, completamente apaixonados, decidem burlar as rivalidades das famílias e se casar em segredo.

Mas tudo dá errado. Amadeu leva um tiro no dia em que sobe ao altar e é dado como morto. Em retaliação ao atentado, o irmão do rapaz, Vicente (Álamo Franco), recebe a encomenda de matar as filhas de Zenaide (Maeve Jinkings), irmã de Maria. Quando vai atrás de Fabiana e Virgínia, não consegue sequestrar as duas, e leva apenas a primeira. Sem coragem de dar cabo da menina, a abandona em um convento.

Com o sumiço de Fabiana, Zenaide foge com Virgínia, mas também a perde nas ruas de Vitória. Grávida de Amadeu, Maria também consegue fugir, e sem emprego, luta por uma vida melhor e promete um dia reencontrar suas sobrinhas perdidas. A história também gira em torno do reencontro da mocinha com Amadeu, que ela imagina ter morrido no dia do casamento.

Pareceu familiar? A novela é inspirada livremente no clássico sheakesperiano "Romeu e Julieta". Anos depois, no entanto, os protagonistas de "A Dona do Pedaço" se reencontrarão e antigas emoções serão revividas. Segundo Juliana, a história de amor impossível não terá pudores de mergulhar de cabeça no dramalhão.

"É uma história onde o amor é interrompido. A promessa do amor é muito forte, ele não chega a ser vivenciado na sua plenitude. Isso fica muito forte nesse primeiro momento. Eles se encontram, é amor à primeira vista. A gente está vestindo a camisa do melodrama, a gente quer contar essa história assim, rasgado, sem vergonha de ser feliz, do amor", relata.

Filha golpista

Agatha Moreira será filha de Juliana Paes em novela - João Cotta/TV Globo
Agatha Moreira será filha de Juliana Paes em novela
Imagem: João Cotta/TV Globo

Depois de tanta tragédia, Maria conseguirá vencer na vida e erguer seu império de bolos, mas nem tudo será doce. A empresária será rejeitada por sua filha com Amadeu, Josiane (Agatha Moreia), que morre de vergonha da mãe e planeja dar um golpe para turbinar sua rotina como digital influencer.

Para viver a mãe da atriz de 27 anos, Juliana, 40, contará com a ajuda da equipe de caracterização e de esticadores faciais para rejuvenescer e envelhecer.

A relação conturbada entre mãe e filha na novela, na qual a atriz enxerga doses de "psicopatia" por parte da personagem de Agatha, fez com que ela começasse a refletir mais sobre a maternidade na vida real - ela é mãe de Pedro, 8, e Antônio, 5.

"Educar é uma tarefa muito difícil. Pra gente que trabalha muito tempo fora é uma angústia porque você não está o tempo todo do lado do seu filho pra dizer o que ele tem que fazer, vigiar o que ele está assistindo na televisão. Soma-se a isso a culpa de não estar sempre presente e a gente tem uma tendência a sempre dizer sim", admite.

Cenas de "A Dona do Pedaço" são gravadas próximo ao Parque Ibirapuera, em São Paulo - Globo/João Miguel Júnior
Cenas de "A Dona do Pedaço" são gravadas próximo ao Parque Ibirapuera, em São Paulo
Imagem: Globo/João Miguel Júnior