Topo

Reality shows


"Já discutimos sobre ter casal gay", diz diretor do "Power Couple"

O diretor Rodrigo Carelli e - Felipe Pinheiro/UOL
O diretor Rodrigo Carelli e Imagem: Felipe Pinheiro/UOL

Gisele Alquas

Do UOL, em São Paulo

24/04/2019 15h56

A quarta temporada do "Power Couple", reality de competição entre casais da Record, estreia no próximo dia 30 com 13 casais formados por famosos e seus cônjuges, todos ele heterossexuais. Mas segundo o diretor da atração, Rodrigo Carelli, o programa já cogitou ter um primeiro casal gay confinado.

"[Essa discussão] Sempre permeia, já se discutiu sobre isso, mas ainda não aconteceu. Temos exemplo de 'A Fazenda', que sempre tem gay", disse Carelli durante entrevista de lançamento da atração em Itapecerica da Serra, em São Paulo.

Apresentado novamente por Gugu Liberato, a nova temporada contará no elenco com o cantor e ex-Br'oz André Marinho e a mulher, Drika; o casal da primeira edição do "De Férias com o Ex" Anna Clara Maia e André Coelho; os ex-A Fazenda Nicole Bahls e Marcelo Bimbi; a ex-repórter do "Vídeo Show" Aline Prado e o marido, Bruno Nalbone; o humorista e ex-repórter do "CQC" Lucas Salles e a noiva, Camilla Colombo; a ex-bailarina do "Domingão do Faustão" Juliana Valcézia e o ator Ricardo Manga; entre outros (veja a lista completa abaixo).

Segundo o diretor, muitos casais se oferecem para participar do programa e ficar confinados com outros competidores.

"Isso acontece sempre. Partimos do princípio de quem a gente acha interessante. Entrevistamos muita gente. É um processo demorado para a escolha do casting. A gente avalia vários nomes, tem processo de sondagem que vem muito antes dos nomes escolhidos".

O reality show reúne casais famosos que, além de conviverem em uma casa, precisarão realizar uma série de provas. Cada uma dessas tarefas vale uma certa quantidade de dinheiro, que, somado, corresponderá ao prêmio da dupla vencedora.

Na edição de 2018, venceu o casal Tati Minerato e Marcelo, que se separaram recentemente. Os dois faturaram o prêmio de R$ 303 mil.

Câmeras 24 horas

Entre as novidades, o diretor anunciou que o público poderá acompanhar os casais por câmeras 24 horas, por meio do Play Plus, plataforma paga de streaming da Record TV.

"A casa está nova, as provas maiores. Terá o toque de recolher à noite e os casais não vão poder se falar. Temos prova do homem, da mulher e do casal. As provas dos casais serão em externas, do homem e mulher serão feitas na casa."

Pelo segundo ano consecutivo no comando do reality, antes apresentado por Roberto Justus, Gugu foi elogiado pelo diretor, que exaltou sua "dedicação" e "facilidade".

"Ano passado era novidade pra mim, esse ano a tendência é que flua mais. No ano passado eu estava muito nervoso, não sabia como ia ser", disse o apresentador.

Reality shows