PUBLICIDADE
Topo

Irmã sai em defesa de Neymar e manda recado à mulher: "Que Deus te perdoe"

Gilvan Marques

Do UOL, em São Paulo

03/06/2019 23h55

Rafaella Santos, irmã de Neymar, fez um desabafo através de vídeo publicado em seu perfil no Instagram, na noite de hoje. Emocionada, ela rebateu a acusação de estupro ao qual o jogador está respondendo.

A suposta vítima acusa Neymar de ficar agressivo e, mediante violência, praticar relação sexual sem o seu consentimento. O fato teria ocorrido dia 15 de maio, em Paris. Um boletim de ocorrência foi registrado pela mulher na última sexta-feira (31).

No vídeo, Rafaella chora (assista abaixo) ao falar com os seus seguidores sobre o assunto e disse que a família vive um momento delicado.

"Como todo mundo sabe eu nunca fui de me posicionar em nenhuma rede social pra falar ou deixar de falar o que sai do meu irmão por aí. Sempre me mantive quieta, sempre fiquei em silêncio, mas dessa vez a situação é diferente. É uma situação super chata, que pra mim e pra minha família está sendo muito difícil", iniciou.

"Eu acho que nunca vou entender uma pessoa fazer isso, acusar outra dessa forma. É um assunto muito sério, que muitas mulheres lutam por isso. E o porquê ela fez isso eu nunca vou saber", prosseguiu.

Em seguida, Rafaella manda o recado à mulher que denunciou o jogador e disse esperar que Deus a perdoe. "Mas espero de coração que você consiga dormir, que você tenha consciência de tudo que você fez e consiga dormir tranquilo. Eu não desejo seu mal, não desejo mesmo. Como você disse nas mensagens aí desejando o mal do meu irmão, eu não desejo isso pra você. Desejo que Deus te perdoe de coração e que você consiga seguir em paz depois de tudo isso que você fez".

No fim, ela agradece o apoio dos fãs. "Obrigada por todas as mensagens que vocês tão mandando pra gente. é muito importante, a gente está lendo tudo. Foram dias difíceis pra gente. Foi muito difícil você ler essas coisas, ouvir essas coisas das pessoas que você mais ama. Eu amo o meu irmão acima de tudo, bato a cara por ele. Todo mundo que conhece o meu irmão sabe que ele não faria uma coisa dessa. É triste, é de você querer brigar porque meu irmão é a pessoa que mais me protege nesse mundo. Nunca vou deixar ninguém falar uma coisa dessa dele porque é horrível. Quem tem irmão sabe, quem tem uma família sabe. É isso, obrigada por todas as mensagens".

De acordo com reportagem do UOL Esporte, publicada no sábado (1), uma mulher registrou um boletim de ocorrência acusando Neymar de estupro. Segundo o documento registrado sexta-feira (31) na 6ª delegacia de defesa da mulher, em Santo Amaro, na capital paulista, o fato teria ocorrido dia 15 de maio, em Paris.

O nome da mulher foi mantido em segredo. No documento, obtido pelo UOL Esporte, a acusação é de que Neymar conheceu a mulher por meio do Instagram. Depois de uma conversa, ficou combinado, por meio de um amigo do jogador, Gallo, que ela receberia passagem e hospedagem para viajar à França para conhecer o craque.

No relato, ela ficou hospedada a partir de 15 de maio no Sofitel Paris Arc Du Triomphe e, por volta das 20h, Neymar teria chegado embriagado ao hotel. Após trocas de carícias a mulher acusou Neymar de ficar agressivo e, mediante violência, praticou relação sexual sem o consentimento da vítima. Ela disse no depoimento que voltou ao Brasil no dia 17 de maio e que estava abalada emocionalmente e com medo de registrar a ocorrência.

Também no sábado, Neymar pai, em entrevista à TV Bandeirantes, sugeriu uma armação para o atleta e saiu em defesa do jogador, que está concentrado em Teresópolis com a delegação da seleção, que se prepara para a disputa da Copa América.

Neymar também se pronunciou sobre a acusação de estupro. Em vídeo publicado em sua conta do Instagram, ele negou o caso e ainda expôs a suposta conversa que teve com a mulher que o denunciou para dar sua versão sobre o caso.

"Estou sendo acusado de estupro. É uma palavra forte, mas é o que está acontecendo no momento. Fui pego de surpresa e foi muito ruim; triste escutar isso. Quem me conhece sabe do meu caráter e índole. Sabe que jamais faria uma coisa desse tipo", afirmou o jogador.

Paralelamente a esses fatos, a Polícia Civil do Rio de Janeiro irá investigar Neymar por vazamento de fotos íntimas da mulher que o acusa de estupro. O caso será apurado pela Delegacia de Repressão de Crimes de Informática. No domingo, a 110ª DP, de Teresópolis, enviou policiais à Granja Comary para colher informações sobre o caso, que também será investigado em São Paulo.

Famosos