Topo

Novelas


Globo e Record terão tramas quase idênticas sobre aborto em suas novelas

Globo/João Cotta/Divulgação/Record/Montagem UOL
Personagens de "A Dona do Pedaço" e "Topíssima" viverão mesmo drama Imagem: Globo/João Cotta/Divulgação/Record/Montagem UOL

Guilherme Machado

Do UOL, em São Paulo

2019-06-05T14:39:44

05/06/2019 14h39

As novelas de maior audiência da Globo e da Record, "A Dona do Pedaço" e "Topíssima", respectivamente, irão abordar um drama bastante parecido. Ambas trarão casos de jovens que, após serem seduzidas por um malandro e engravidarem dele, farão um aborto em uma clínica clandestina, e acabarão morrendo em decorrência do procedimento.

Na novela das 21h da Globo, a vítima será Edilene (Cynthia Senek), empregada da família Guedes. Seduzida por Otávio (José de Abreu), seu patrão, que trai a mulher, ela se encanta por ele e fura os preservativos para poder engravidar. Ao descobrir a gravidez, o dono da construtora Habitex exige que ela faça um aborto. O procedimento dará errado, e ela morrerá.

Já na trama da Record, Jandira (Brenda Sabryna) é uma menina ambiciosa, que acaba sendo seduzida por Vitor (Vitor Novelo), um rapaz invejoso que tem o desejo de se tornar um cirurgião plástico rico. Ele seduz e engana Jandira, que se vê grávida e decide procurar uma clínica clandestina para fazer um aborto. Lá, o procedimento falha, e ela morre.

As diferenças entre as duas novelas se dão nos desdobramentos das histórias. Ambas as situações iniciam crises nas famílias, mas de formas distintas.

Em "A Dona do Pedaço", o pai de Edilene, Cosme (Osvaldo Mil) ficará revoltado com a morte da filha, e decidirá se vingar de Otávio e sua família contratando um matador de aluguel, Chiclete (Sergio Guizé), para acabar com Virgínia (Paolla Oliveira). Só que tudo vai mudar quando o rapaz se apaixonar por ela.

Em "Topíssima", Zeca (Paulo César Grande), entrará em embate com a mulher, Madalena (Denise Del Vecchio), pois, na sua visão, foi por conta da pressão que a mulher colocava sobre a filha que ela não pediu ajuda durante a gravidez, provocando a tragédia.