PUBLICIDADE
Topo

Famosos


Paulo Betti diz que recorrerá após derrota para Milton Gonçalves em eleição

Os atores Paulo Betti e Milton Gonçalves - Montagem/UOL/Paulo Belote/Mauricio Fidalgo/TV Globo
Os atores Paulo Betti e Milton Gonçalves Imagem: Montagem/UOL/Paulo Belote/Mauricio Fidalgo/TV Globo

Gilvan Marques

Do UOL, em São Paulo

03/07/2019 12h11

Paulo Betti disse que irá recorrer após perder as eleições para a diretoria do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões do Estado do Rio de Janeiro (SATED/RJ). A chapa União e Determinação, de Milton Gonçalves, foi a vencedora.

Segundo explicou Betti ao UOL, a Comissão Eleitoral impugnou a urna do Teatro Sergio Porto, em Humaitá, zona sul do Rio, sob a justificativa de boca de urna.

"A Comissão Eleitoral das eleições do Sated RJ impugnou a urna do Teatro Sergio Porto, justamente a urna solicitada pela Chapa 2, da oposição. Nós consideramos que essa atitude não tem fundamentação jurídica, por esse motivo iremos recorrer",

Betti não deu detalhes sobre a forma que pretende recorrer do resultado da eleição. Procurada pelo UOL, a advogada Jessica Caliman, que representa a chapa, disse que não pode se manifestar.

Ao UOL, Milton Gonçalves reagiu com surpresa, mas também optou por não se manifestar sobre o assunto. A reportagem também tentou contato com o sindicato, mas sem retorno.

A chapa composta por Milton Gonçalves venceu as eleições para a diretoria. A apuração começou às 18h e terminou às 4h10, na madrugada de hoje. Foram apurados 476 votos válidos, sendo 05 votos nulos, 01 voto em branco, 308 votos para a chapa 1 e 162 votos para a chapa 2.

Milton Gonçalves comemorou a vitória da chapa que tem o ator Jorge Coutinho como presidente. "É um amigo de muito tempo. Um lutador, uma pessoa que entrega a sua vida no que acredita do fundo do coração. É uma pessoa respeitosa, honesta, que nós todos temos que respeitar porque ele está cuidando do nosso sindicato", afirmou o veterano, ao UOL.

Denominada "Renovação e Transparência", a chapa criada por Betti para fazer frente a Milton Gonçalves foi composta por Tonico Pereira, Zezé Polessa, entre outros. Já a chapa União e Determinação é composta por nomes como Milton Gonçalves, Ruth Souza e Carlos Vereza.

Ameaça de processo

Durante a campanha, Milton Gonçalves moveu processo contra Paulo Betti, conforme informação revelada pelo site F5, parceiro do UOL. A ação está na 33ª Vara Criminal do Rio de Janeiro.

Segundo os autos, a que o site teve acesso, em abril, Betti teria publicado a seguinte mensagem em um grupo de WhatsApp: "a atual diretoria do sindicato está lá há muito tempo e tem uma forte representação negra com Jorge Coutinho e o grande Milton Gonçalves, além do querido Cosme. Isso complica bastante a luta, pois pode confundir as coisas". A ação diz que a fala do ator de "Órfãos da Terra" acarreta interpretação "imprópria e infeliz" e faz "distinção entre negros e brancos".

"É uma acusação muito grave. Eu não sou racista. Pelo menos até onde eu saiba, a minha história não diz isso, eu nunca me considerei", disse Betti ao UOL, na ocasião. "Mas prefiro responder primeiro à interpelação", completou o ator.

Famosos