Topo

Televisão


"Duro nas críticas, mas com humor apurado", diz Galvão sobre Juarez Soares

Gilvan Marques

Do UOL, em São Paulo

23/07/2019 21h32

Galvão Bueno lamentou a morte do comentarista Juarez Soares, morto hoje à tarde após sofrer uma parada cardíaca, por meio de mensagem publicada em seu perfil no Instagram.

"O jornalismo esportivo está mais pobre. Hoje nos deixou Juarez Soares. Sempre polêmico porque era duro nas críticas, mas com um humor apurado e absolutamente fiel às suas convicções. Tive a felicidade de trabalhar com o 'China' quando cheguei a Globo em 1981. E sempre admirei as duplas que ele formou com meus queridos amigos Luciano do Valle e Silvio Luiz", escreveu o principal narrador da Globo.

Juarez Soares, também conhecido como China, sofreu uma parada cardíaca e foi socorrido na Santa Casa de Misericórdia, no centro de São Paulo, mas não resistiu. Ele tinha câncer e estava se submetendo a sessões de quimioterapia.

O comentarista esportivo de 78 anos deixa cinco filhas (Anna Júlia, Larissa, Melissa, Juliana e Clarissa), quatro netos (Vitor, Isabel, Maria Heloisa e Alice) e a mulher, Helena de Grammont, jornalista da Globo, com quem ficou casado durante 40 anos. Ele também foi padrasto de Alexandre, filho de Helena.

O velório do jornalista será realizado amanhã, a partir das 8h, no cemitério da Consolação, em São Paulo. A informação foi confirmada pela filha do comentarista esportivo, Ana Júlia de Grammont.