PUBLICIDADE
Topo

Aos 60, Myrian Rios se prepara para atuar com filhos: "Vivo a melhor fase"

Myriam Rios como a diretora de escola Ruth, em As Aventuras de Poliana - Gabriel Cardoso/SBT
Myriam Rios como a diretora de escola Ruth, em As Aventuras de Poliana Imagem: Gabriel Cardoso/SBT

Carolina Farias

Do UOL, no Rio

25/07/2019 04h00

Depois de ficar 17 anos longe das novelas, Myrian Rios voltou à TV em As Aventuras de Poliana e não pretende parar mais de atuar. Ainda no ar como a diretora de escola Ruth na novelinha do SBT, ela já planeja os próximos passos. Aos 60 anos, quer encenar ainda no segundo semestre uma peça ao lado dos filhos Edmar, de 21 anos, e Pedro Arthur, de 17, filho dela com o ator André Gonçalves, com quem se relacionou entre 1998 e 2001.

"A peça foi escrita especialmente para nós três e fala da relação entre mãe e filhos adolescentes. Eu e Pedro Arthur já trabalhamos juntos na encenação da Paixão de Cristo em uma Semana Santa em Goiânia. Meus dois filhos estão seguindo a careira artística. Pedro Arthur se preparando para carreira de ator e o mais velho é o rapper carioca Mank MC, que você encontra no YouTube", contou Myrian, animada, ao UOL.

A atriz estava longe das novelas desde O Clone (2001), que será reexibida no Canal Viva, logo após a reprise de O Cravo e a Rosa. E comemorou o convite do SBT porque disse estar sentindo falta de atuar na TV.

"Foi um presente de Deus! Me devolveu a alegria de atuar e colocar em prática alguns anos de carreira. Estava sentindo falta. Sempre gostei de me comunicar com as pessoas, seja através de um programa de rádio, de TV, de um livro, cinema ou de uma série."

Myrian Rios e os filhos Pedro Arthur, de 17 anos, e Edmar, com 21  - Divulgação - Divulgação
Myrian Rios e os filhos Pedro Arthur, de 17 anos, e Edmar, com 21
Imagem: Divulgação
Veterana nas novelas, ela estreou em O Feijão e o Sonho, de 1976, depois de ter sido descoberta em um concurso de talentos na Globo. Mas, além da carreira de atriz, Myrian foi alçada à fama ao se casar com Roberto Carlos, em 1976, quando tinha apenas 17 anos. Seu nome até hoje é relacionado ao do rei, mas apesar de já ter dito que o cantor foi o grande amor de sua vida, ela hoje evita falar dele.

"Tenho muito carinho e admiração pelo Roberto. Estamos separados há 30 anos. Nossas vidas seguiram rumos diferentes, só isso."

Religião e política

Longe da teledramaturgia, Myrian se aventurou em novas áreas. Católica praticante, foi trabalhar na TV Canção Nova, emissora da comunidade religiosa de mesmo nome, e também na rádio do grupo.

"Eu apresentava um programa de rádio, um programa de TV, atualizava um blog e um site. Foram experiências fantásticas! Todos na Canção Nova devem aprender um pouco de tudo sobre comunicação. Além disso, viajava pelo Brasil inteiro fazendo palestras sobre a importância dos valores, da família e do respeito ao próximo. Fui missionária durante dez anos", relembra.

Entre os trabalhos que fez para a Canção Nova, Myrian recebeu uma "missão" diferente do seu ofício: entrar para a política. Com apoio da igreja, ela se elegeu deputada pelo PDT e exerceu o mandato entre 2011 e 2015, pelo PDT e depois pelo PSD.

"Durante esse tempo não podia atuar em novelas e séries por causa da minha atividade missionária e política", conta ela, que diz não pretender se candidatar novamente.

"Fui eleita a pedido da Canção Nova, para representá-los no Estado do Rio de Janeiro. Foram quatro anos de muita luta e muito trabalho. Mas não pretendo voltar a atuar na política."

Dos tempos em que ficou na emissora e na política, restou um gosto pela comunicação direta com os fãs. Myriam criou um canal no YouTube que atualmente tem cerca de 10 mil inscritos, onde periodicamente publica vídeos.

"Criei em 2010 para prestar contas do meu trabalho como deputada. Com o tempo, notamos que não era o melhor meio de comunicação e mudamos, mas o canal ficou lá. Quando apresentava um programa na FM Catedral começamos a postar no YouTube. Foi um sucesso! Agora que voltei a atuar em novelas, os fãs no Instagram pediram para eu reativar. Gravo de dois a três vídeos por semana e um ao vivo por mês."

"60 melhor que 50"

Com tantas atividades, Myrian diz que está feliz da vida e que a chegada dos 60 foi melhor que a dos 50 anos.

"Estou na minha melhor fase. Se você olhar minhas fotos com 50 anos vai achar que eu estava doente. Estava triste, acima do peso, sem brilho e sem direção. Hoje estou plena", garante ela, que não para de traçar novos projetos.

"Tenho planos de viajar com a peça, fazer mais novelas, séries e cinema e comandar um negócio em parceria com um grupo de investidores aqui em São Paulo".

Solteira, ela também admite que tem vontade de se casar novamente.

"Gostaria sim. Gosto de companhia para jantar, tomar um bom vinho e viajar. Amo ir ao cinema, teatro, um chalé com lareira e passar uns dias na praia. Claro que tudo isso em boa companhia será mais divertido e romântico, não é?"