Topo

Televisão


Apresentador atacado por bolsonaristas pede demissão: "Razões pessoais"

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

06/08/2019 19h01

Após o historiador Marco Antonio Villa, outro profissional da Jovem Pan alvo de eleitores de Jair Bolsonaro deixou a rádio. O repórter e apresentador Carlos Andreazza anunciou seu pedido de demissão durante o programa 3 em 1, que em outubro do ano passado havia perdido outro comentarista: o "casseta" Marcelo Madureira.

"Pessoal, chegou a hora de eu deixar a Jovem Pan. Ao longo do último final de semana, conversei com a direção da rádio, apresentei meu pedido e fui liberado. As razões são inteiramente pessoais. Hoje eu me despeço. Foi meu último 3 em 1", escreveu Andreazza no Twitter.

O apresentador, que costumava ser atacado por petistas, vinha sofrendo ofensas e agressões virtuais de bolsonaristas, por causa de suas críticas ao governo. Ontem, ele disse que o presidente havia enganado eleitores com o discurso da "nova política" ao defender a nomeação de parentes.

Televisão