Topo

Famosos


Drika Marinho diz ter "mágoa grande" do marido e cogita ir para A Fazenda

Drika Marinho - Studio Faya
Drika Marinho Imagem: Studio Faya

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

15/08/2019 04h00

Pouco antes de entrar no Power Couple (Record), a ex-bailarina do Faustão Drika Marinho descobriu uma traição do marido, André Marinho. Até então, ela acreditava ter se tratado apenas de um deslize momentâneo. Decidiu passar uma borracha na história e dar uma chance para ele no reality show de casais.

"Chorei, desabei, falei que não ia mais participar do programa, que ia desistir. Ele me convenceu, falou: 'Foi só um caso'. Eu não queria ir, mas ele me disse: 'Vamos tentar resgatar o nosso casamento, [o que eu tive] não foi nada de importante'", lembra ela.

Após deixarem o Power Couple, uma semana antes da final, Drika descobriu que seu marido mantinha um caso extraconjugal longo com outra mulher, que teve um filha dele e recebia pensão. O relacionamento era assumido por ele, com direito a fotos românticas na praia do cantor com a amante.

André e Drika estavam juntos havia 14 anos. Eles são pais de dois filhos e, agora, já não dividem o mesmo teto. Abalada com a traição, a bailarina segue morando na casa da família, com os filhos, no Rio de Janeiro. André foi para a casa dos pais. Por enquanto, ela diz que não pretende perdoá-lo.

"Ainda não consegui pensar em nada, porque está muito recente e estou muito magoada. Me senti humilhada, não queria ser exposta dessa forma. Eu sempre lutei pela família, mas, no momento, não tenho cabeça para perdoar. A mágoa ainda está grande", conta ela ao UOL.

Drika reforça que a situação é muito delicada porque envolve seus filhos com André e toda a família. "Tudo já foi muito exposto de uma forma que eu não gostaria. Tem dias que fico mal quando leio certas coisas. Mas tem dias em que sinto força para me erguer e ir atrás dos meus objetivos. Meus filhos são a minha força, criança é a alegria da casa."

Drika e André Marinho - Studio Faya/Divulgação
Drika e André Marinho
Imagem: Studio Faya/Divulgação

A Fazenda

Dentro do Power Couple, Drika se destacou pelo seu jeito "moleca" e divertido, mas também foi julgada por participantes e até mesmo por parte do público, que considerou que ela não tratava muito bem o marido. Ela, na verdade, estava tentando superar o baque da traição recém descoberta. Quando saiu, ficou ainda mais conhecida por conta da crise no seu casamento, e muita gente já torce pela participação dela na próxima edição de A Fazenda, na Record.

"Não fui convidada, mas, dependendo da proposta, aceitaria, sim. Penso em poder dar um futuro mais tranquilo para os meus filhos, é uma grana muito boa e que mudaria minha vida e da minha família. Ficar longe dos filhos seria ruim, mas estaria lá por eles. Quem consegue juntar R$ 1,5 milhão em três meses? No Power não consegui ganhar nenhum prêmio."

No momento, ela pretende trabalhar com redes sociais e criar um canal descontraído com entrevistas inusitadas e com dança também.

"Quero aproveitar essa minha 'cara de pau' para fazer algo diferente na internet ou até mesmo na TV. Hoje em dia, as pessoas querem se identificar com o que estão assistindo, e eu acho que tenho um apelo popular grande, porque fui muito espontânea e sincera no Power. Muitas pessoas comentam comigo isso nas ruas. Um outro público, que gosta muito de mim e eu amo também, são as crianças. Penso em fazer alguma coisa para elas."

Bailarina do Faustão

Drika fez parte do balé do Faustão em 2001, mesma época que Sabrina Sato e Juliana Alves também dançavam no programa. "No nosso tempo, o balé não tinha tanta evidência assim e não mantínhamos muito contato com o Fausto", conta ela, que ficou um ano e meio na atração.

A bailarina elogia o apresentador da Globo e compreende quando ele dá broncas ao vivo por alguma falha técnica do programa. "O Faustão é um ícone da TV brasileira. Se ele está lá até hoje é por seu jeito e pela maneira de conduzir o programa. Como é tudo ao vivo, ele acaba assumindo os erros, e acho que as broncas até ficam leves. Já viraram uma marca registrada.

"Na época em que trabalhou no Domingão, Drika não tinha contrato com a Globo. "Era terceirizada por uma agência. Quando fui mandada embora, não recebi nenhuma explicação. Na minha época, os diretores mudavam muito, e acho que cada um gostava de um perfil de bailarina. Quando entrei, eles estavam procurando belezas diferentes, tanto é que a Sabrina Sato e a Ju Alves também entraram. O balé estava bem variado. Eu saí na troca de diretor."

Drika Marinho na época que era bailarina da cantora Kelly Key - Reprodução/Instagram
Drika Marinho na época que era bailarina da cantora Kelly Key
Imagem: Reprodução/Instagram

Depois de trabalhar no Domingão, ela foi bailarina da apresentadora Angélica e da cantora Kelly Key, com quem atuou por seis anos. "Foi o trabalho com que mais me identifiquei. Viajei o Brasil todo e ainda fui para o Japão. Criamos uma grande amizade, pois ela sempre foi muito próxima do balé. Tratava todos da equipe de igual para igual. Foi uma época muito boa", encerra Drika.

Mais Famosos