Topo

Famosos


Casamento de Titi Müller com Tomas Bertoni será oficiado por Tainá Müller

Tomas Bertoni e Titi Müller - Reprodução/Instagram
Tomas Bertoni e Titi Müller Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

20/09/2019 14h29

Titi Müller chamou a irmã, a atriz Tainá Müller, para oficiar a sua união com o músico Tomar Bertoni, da banda Scalene. A cerimônia vai acontecer amanhã, em São Paulo, e vai encarnar o estilo "alternativo" do casal.

A apresentadora do Multishow, que conheceu o amado durante a edição 2017 do Rock in Rio, vai aparecer com dois vestidos assinados por Helen Salles, e deve calçar tênis no lugar de sapatos de salto alto.

Enquanto isso, os noivos e convidados poderão aproveitar comes e bebes providos por um food trucks que servirão pizza, cachorro quente e cerveja. A música ficará por conta da banda Coffee Crush, além das DJs Giu Viscardi e Leka Peres.

A apresentadora relatou ao Gshow que, à princípio, queria algo bem mais intimista para o seu casamento. "A gente não pensava em festa, queria um almoço bem micro mesmo, naquele esquema de nem precisar reservar mesa, mas foi se empolgando", brincou.

"O marido é dono de festival, eu sou festeira, temos muitos amigos e acabou virando uma bola de neve", detalhou ainda. "Aí foi chamando mais gente, a festa foi ficando maior e agora vai ter até banda, com uma bênção da Tainá para dar uma energizada, sem tom religioso".

Tainá Muller no "Amor & Sexo" - Divulgação/TV Globo
Tainá Muller no "Amor & Sexo"
Imagem: Divulgação/TV Globo

Celebrando o amor

"O amor é uma coisa tão linda para se comemorar. Eu não acreditava muito na instituição do casamento, mas a gente está junto há dois anos, se conhecendo cada vez mais e se apaixonando todo dia, por isso deu vontade de celebrar esse amor", reforçou Titi.

A apresentadora nem queria assinar papéis de casamento em cartório, mas o casal acabou decidindo por fazer isso também. "A gente vai se casar no civil no sábado mesmo, só para família, aí almoçamos todos juntos e depois vamos para a festa", adiantou.

Outro detalhe em que o casal se diferenciou foi do convencional foi na escolha de não usar alianças o tempo todo. "Acho que a gente só vai usar em ocasiões especiais porque eu tenho um pouco de aflição de dormir com anel, tomar banho, perco muito e teria dificuldade para compor com meus looks", brincou.

Também não vai ter só mulher disputando o buquê. "Vai ser para geral, não só a mulherada. Acho um pouco 'deprê' aquela cena de um monte de mulher se acotovelando para pegar, isso parou nos anos 90. Eu já peguei [um buquê] e o 'boleto' está vindo agora", se divertiu Titi.

Por fim, no lugar de presentes, o casal pediu doações para a Casa 1, centro de cultura e acolhimento LGBTQ+ de São Paulo. "Eles fazem um trabalho incrível, corajoso e necessário lá. A gente está com o apartamento montado, então não faz sentido pedir nada para ninguém, sabe?", justificou.