PUBLICIDADE
Topo

TV e Famosos


Giuliana Morrone proibia filho de mascar chiclete para evitar cárie

Giuliana Morrone é repórter e apresentadora da Globo - Reprodução/Globo
Giuliana Morrone é repórter e apresentadora da Globo Imagem: Reprodução/Globo

Colaboração para o UOL

26/09/2019 17h13

A jornalista da TV Globo Giuliana Morrone revelou para seus seguidores no Instagram uma de suas precauções para evitar que seu filho não tivesse cáries nos dentes.

"Quem nunca proibiu os filhos de mascar chicletes? Eu só liberava nos fins de semana e uns chicletes pequenininhos que vinham dentro de um relógio. Chata, mas deu certo: cárie zero. Eu não queria que meu filho conhecesse motorzinho de dentista, meu trauma de infância", escreveu ela.

Quem nunca proibiu os filhos de mascar chicletes? Eu só liberava nos fins de semana e uns chicletes pequenininhos que vinham dentro de um relógio. Chata, mas deu certo: cárie zero. Eu não queria que meu filho conhecesse motorzinho de dentista, meu trauma de infância. Tenho essa boca cheia de dentes, mas já dei trabalho a dentista com meu vício por açúcar. Já meu pai, do alto dos 92 anos, nunca teve 1 cárie. Ele dizia que era porque comeu muito peixe na infância, nasceu e cresceu à beira mar na Itália, em Mondragone, Caserta. Meu pai nadava bem demais. Perdi a conta de quantas vezes minha mãe, apavorada, quis chamar a Guarda Costeira, porque meu pai tinha desaparecido no mar. Ele nadava devagarzinho e sumia no horizonte. Nadava horas seguidas. Aprendeu a fumar na Itália, jovenzinho, quando ia nadando até os navios americanos posicionados no mar de Mondragone. Os navy seals liberavam cigarro para ele. Foi fumante por muitos anos, mas nem isso estragou os dentes dele. Se o assunto é dente, me lembrei de uma história da minha querida amiga Patricia Pinheiro. A irmã dela, dentista, nunca quis que a filhinha mascasse chicletes. Um dia, numa apresentação da escola, viu a filha lá no palco, dançando e com um chicletão na boca. Fim do show, delicadamente perguntou: - filha, quem te deu esse chiclete? -ninguém me deu, não, mamãe. Eu raspeeeeeei do chão. Se toda história tem moral, a dessa é: um chicletinho não mata ninguém, nem o raspado.

A post shared by Giuliana (@giulianamorrone) on

A jornalista contou ainda que fez isso para que seus filhos não passassem pelo o que ela passou.

"Tenho essa boca cheia de dentes, mas já dei trabalho a dentista com meu vício por açúcar. Já meu pai, do alto dos 92 anos, nunca teve 1 cárie. Ele dizia que era porque comeu muito peixe na infância, nasceu e cresceu à beira mar na Itália, em Mondragone, Caserta", contou.

TV e Famosos