Topo

Famosos


Marido de Lulu Santos explica choro no RiR: "Não conseguia parar de tremer"

Clebson chora durante show de Lulu Santos no Rock in Rio - Reprodução/Instagram
Clebson chora durante show de Lulu Santos no Rock in Rio Imagem: Reprodução/Instagram

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

07/10/2019 17h23

A imagem de Clebson Teixeira, marido de Lulu Santos, chorando durante a apresentação do cantor ontem no Palco Sunset do Rock in Rio chamou a atenção do público. O analista de sistema contou ao UOL o motivo de tanta emoção ao ver o show no meio da galera.

"Sempre tenho uma expectativa muito grande para o que o Lulu vai fazer, sabe? Dessa vez não foi diferente, porém tinha um sentimento maior, sempre fui muito fã de música, sobretudo o que ela pode fazer com as pessoas... Eu já tinha visto a primeira apresentação do Lulu [no Rock in Rio] em 85, foi uma coisa muito tocante para mim", disse.

Se não me engano aquela edição foi dias antes do fim da ditadura militar, eu vi, mesmo que por vídeo, todas aquelas pessoas fazendo coro da sua música... E ontem vendo aquela cena se repetir, não pude conter a emoção, foi uma coisa inexplicável.

Clebson disse que sabia o quanto o show no festival era importante para Lulu. Apostando em canções de diferentes épocas, como Tempos Modernos (1982), Toda Forma de Amor (1988) e Aviso aos Navegantes (1996), Lulu Santos afirmou, diante de um grande público que acompanhava seu show, que "música boa não tem prazo de validade".

"Já é a quinta vez que ele se apresenta no festival, mas cada uma delas tem um valor muito especial. Assim que ele entrou, durante as quatro primeiras músicas eu não conseguia parar de tremer, quando uma garota pegou na minha mão e ficou segurando, achei a coisa mais linda do mundo."

O marido de Lulu contou como foi o encontro dos dois logo após o show.

O que eu disse eu não lembro, mas ele disse: 'Eu vi a sua emoção, eu te amo tanto!' Ele é muito carinhoso, eu sou um pouco travado com as palavras, tive uma criação bem diferente, mas a convivência está me deixando um pouco mais solto.

Para sentir mais de perto a energia, ele prefere assistir aos shows no meio da galera. "Acho mais emocionante, cada show é uma experiência diferente."

"É lindo quando você vê um super fã pulando e dançando todas as músicas, faz a gente entender o valor que a música tem na vida das pessoas, a alegria e emoção que ela pode trazer."

Essa foi a primeira edição do Rock in Rio que Clebson foi. "Nós fomos no primeiro dia de Rock In Rio, porque eu queria ver muito Ellie Goulding e Drake. Como um bom companheiro, ele foi comigo", contou.

Lulu e Clebson estão juntos há um ano e meio. Em janeiro, o analista pediu o cantor em casamento durante um show no Rio. Em abril, os dois oficializaram a união no cartório.

Lulu Santos e  Clebson Teixeira - Manuela Scarpa/Brazil News
Lulu Santos e Clebson Teixeira
Imagem: Manuela Scarpa/Brazil News

"Sempre tem algum comentário maldoso"

O Rock in Rio deste ano foi marcado pela diversidade. Bandeiras arco-íris, do movimento LGBT, circulavam aos montes pela Cidade do Rock. A cantora Pink segurou uma durante seu show.

Clebson diz acreditar que o preconceito está diminuindo, mas que ainda faltam conhecimento e respeito.

"Acho que diminuiu muito, mas ao mesmo tempo, pelo assunto vir muito à tona, as pessoas vão criando uma certa 'antipatia', acho que por uma falta de conhecimento do que realmente acontece, não só com pessoas LGBTQI+, mas também com mulheres, negros e etc. Se você não vive no meio, talvez não tenha a noção de tudo que acontece com essas pessoas, as chamadas 'minorias'".

O fato de ser companheiro de um famoso não deixa Clebson blindado dos ataques de ódio nas redes sociais.

"Sempre tem algum comentário maldoso, mas procuro não me preocupar com o que uma pessoa que não me conhece fala a meu respeito. Fora que com rede social sempre tem os donos da razão, aqueles que sempre falam o que não teriam coragem de falar pessoalmente".

Famosos