Topo

Famosos


Após agressão, Evandro Santo rebate críticas da comunidade LGBT

Evandro Santo (FOTO: Reprodução/Instagram) - Evandro Santo (FOTO: Reprodução/Instagram)
Evandro Santo (FOTO: Reprodução/Instagram) Imagem: Evandro Santo (FOTO: Reprodução/Instagram)

Do UOL, em São Paulo

21/10/2019 19h15

Evandro Santo usou seu perfil no Instagram, no início da noite de hoje, para rebater acusações de que estaria "se aproveitando da comunidade LGBT". O comediante foi agredido na última sexta-feira (18) e denunciou o caso nas redes sociais.

Segundo explicou Evandro, alguns críticos —supostamente ativistas LGBT— o teriam criticado após o episódio por, segundo eles, o comediante ser apoiador do presidente da República, Jair Bolsonaro. (Assista ao vídeo com desabafo, na íntegra, abaixo)

"Sou amigo de todo mundo: gay, travesti... Se eu fosse considerada uma pessoa escrota, nojenta, eu não teria acesso a todas as boates LGBTs. Ou seja, não sei de onde vem esse ódio contra a minha pessoa. Falaram que eu apoiei o Bolsonaro. Gente, eu nunca apoiei o Bolsonaro", disse ele.

No vídeo, Evandro prossegue com o desabafo. "Sou gay desde os 6 anos de idade. Apanhei muito por imitar a Gretchen, porque tinha voz fina, porque andava rebolando. As pessoas na escola me batiam, jogavam goiaba na cabeça, juntavam em turma na saída para me bater. Aos 12 anos, eu cansei disso tudo, voltei um dia do trabalho e falei: 'Sou gay e pronto'", relatou.

Agressão em evento

O humorista Evandro Santo afirma ter sido agredido logo após um show feito em Marília, no interior de São Paulo. Ele postou uma foto com a boca e o nariz machucados, após ter levado soco de um rapaz chamado Pedro no banheiro do Água Doce, local em que se apresentou.

"Esta não é uma foto bonita e nem legal. Esta foto mostra o quanto devemos ter cuidado com pessoas com aparência "normal", porque o ódio e a homofobia não têm cara", postou.

Tudo teria acontecido após um quadro chamado "Tinder Humano", onde o humorista dá um "selinho" em convidados que participam de forma voluntária. O rapaz identificado como Pedro participou normalmente da atração, mas depois do show reagiu de forma diferente e teria batido em Evandro.

"Ele super aceitou bem, fez o Tinder, ganhou um selinho meu, deu risada assim como a moça ganhou um meu e deu risada. Saiu do palco de boa, o público que era muito educado, participativo e carinhoso pediu para eu ficar mais, agradecemos a casa, a Jovem Pan Marília, pedi dez minutos para descansar e depois como sempre tirar as fotos", relata Evandro.

"Saí, fui ao banheiro, e quando saí, um rapaz falou: 'O Pedro está vindo ao banheiro'. E eu: 'Uai, e daí?' Quando saí do banheiro, do nada, o cara apareceu, o mesmo que participou por vontade própria e me deu um baita soco na boca, ao qual obviamente eu não reagi. Tanto a boca quanto o nariz sangraram", disse.

Evandro afirmou que foi defendido por outras pessoas que estavam próximas e foi para o hotel. O humorista diz que vai procurar a polícia para tomar medidas contra o agressor.

***

Ouça o podcast UOL Vê TV (https://tvefamosos.uol.com.br/podcast/uol-ve-tv), a mesa redonda do UOL sobre televisão com os colunistas Chico Barney, Flávio Ricco e Mauricio Stycer.

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas de áudio.

Famosos