Topo

Televisão


Leo Dias fala sobre saída do SBT: "Fui tratado como um doente"

Leo Dias e Silvio Santos - Reprodução/Instagram
Leo Dias e Silvio Santos Imagem: Reprodução/Instagram

03/12/2019 16h53

O jornalista e colunista Leo Dias falou sobre sua saída do SBT durante participação no Programa Pânico, da Rádio Jovem Pan, hoje

Para ele, o fato de ser assumidamente dependente químico atrapalhou sua evolução profissional na emissora, o que teria motivado a rescisão: "Lá eu fui tratado como um doente, um coitadinho, um adicto. Como se trabalhar lá fosse uma ação do bem. E eu não sou assim. Posso ser um doente, um adicto, um coitadinho, mas esse coitadinho consegue furo que ninguém conhece", disparou.

O colunista também falou de rusgas internas que motivaram seu pedido de saída: "Eu soube que um diretor do SBT estava passando uma nota para um colunista, falando mal de mim. Falar mal de mim é normal, não falta motivo. Mas se um diretor da emissora não me defende, não dá. E eu soube que esse mesmo diretor fez a mesma coisa com o [apresentador] Dudu Camargo. Aí eu pensei 'não vou ficar aqui, vou para onde as pessoas gostem de mim'".

Leo disse que tentou tratar dessas questões com Silvio Santos, mas que, por mais de um ano, não teve resposta nas tentativas de contato com o dono da emissora: "Todas as vezes que tentei falar com o Silvio a resposta foi 'não'. Eu não vou pagar o mico de ficar na porta do Jassa [famoso cabeleireiro de Silvio Santos] para falar com ele. Eu estudei, sou profissional. Agora, uma emissora que é comandada por uma pessoa não pode. Isso me lembra ditadura, Cuba, Fidel Castro", comentou.

Novos rumos na RedeTV!

A entrevista também foi a oportunidade de Leo Dias contar sobre o seu futuro. De contrato recém-assinado com a RedeTV! para apresentar o programa TV Fama, ele revelou que começa na atração em 2020, mas que não chegará para substituir o atual apresentador, Nelson Rubens. "Eu nunca vou tirar ele do ar. Ele merece uma estátua em praça pública. Ele mudou a história da fofoca. Ele é uma instituição. E a gente não pode desconsiderar o público que assiste ao TV Fama hoje. Esse público eu não quero perder. Eu quero acrescentar um novo público. Então, eu não posso tirar o Nelson Rubens, que representa o atual TV Fama", disse.

Sobre a sua companheira na apresentação atração, Leo disse já saber de quem se trata, mas não quis revelar o nome: "Já falei com ela. Vocês vão ficar chocados quando souberem. Ela nunca esteve em televisão apresentando, mas já esteve em todos os programas desde Tata Werneck, Pedro Bial. Ela tem mais de 8 milhões de seguidores no Instagram. E eu não vou colocar ex-BBB para apresentar comigo", despistou.

Briga com Anitta

Leo falou também sobre as desavenças que teve com a cantora Anitta. Disse que eles já foram muito amigos, mas que interesses pessoais atrapalharam a relação: "Descobri que a Anitta só pensa nela [...] Sou o cara mais leal do mundo. Mas eu crio expectativa em retorno. A Anitta me usou muito na estratégia de carreira dela. Eu ajudei a criar o produto Anitta e também cresci com ela. Deixei de dar várias notas, poderia ter sido mal com ela algumas vezes".

Segundo ele, o principal motivo de chateação com a cantora veio após uma piada que o pai dela teria feito com o vício dele. "Machuca quando você vê o pai da Anitta fazer brincadeira sobre meu vício. A Anitta se afastou do pai dela por causa disso. Mas eu disse que precisava que ela falasse publicamente sobre isso, mas não contra o pai dela, nem precisava citá-lo. Mas contra qualquer pessoa que fizesse chacota com alguém que tem uma doença. A Anitta falou 'não vou fazer isso por você'. Aí então era a Anitta que eu conheço. A Anitta que só pensa nela. Chacota com vício não pode ser feita", lamentou.

Televisão