PUBLICIDADE
Topo

Famosos


Príncipe Andrew pode perder sua proteção policial em meio a escândalo

Príncipe Andrew - SWEN PFÖRTNER / DPA / AFP
Príncipe Andrew Imagem: SWEN PFÖRTNER / DPA / AFP

Do UOL, em São Paulo

16/01/2020 15h29

O príncipe Andrew pode perder sua proteção policial em função de seu envolvimento no escândalo do bilionário Jeffrey Epstein, condenado por um grande esquema de tráfico sexual e abuso de menores e falecido no ano passado depois de se enforcar em sua cela.

A informação foi publicada pelo tabloide The Evening Standard, que alega que o Home Office, como é chamado o Ministério do Interior no Reino Unido, estaria pedindo uma redução no nível de segurança oferecida ao filho da rainha Elizabeth II.

A decisão final caberia ao primeiro-ministro Boris Johnson e por Priti Patel, ministra do Interior. Uma entrevista recente do príncipe Andrew à BBC foi vista como um enorme desastre pela opinião pública: segundo pesquisas, os ingleses consideraram que ele não se mostrou arrependido de sua proximidade com Epstein, afirmando que a amizade trouxe "resultados seriamente benéficos".

Andrew citou como exemplo o networking com outras pessoas e lições de negócios; por fim, negou que tenha abusado de uma das menores que estavam sob poder do empresário. Tais declarações resultaram na crença de que ele demonstrou falta de empatia pelas vítimas, e, após a entrevista desastrosa, o príncipe comunicou que decidiu se afastar de seus deveres na Família Real.

"Tornou-se claro para mim nos últimos dias que as circunstâncias relacionadas à minha antiga associação com Jeffrey Epstein se tornaram uma grande interrupção no trabalho de minha família e no valioso trabalho em andamento nas muitas organizações e instituições de caridade que tenho orgulho de apoiar", disse Andrew no documento.

Famosos