PUBLICIDADE
Topo

Petrix ileso? BBB 20 não é o primeiro reality a tolerar machismo; relembre

O ginasta Petrix Barbosa no BBB20 - TV Globo
O ginasta Petrix Barbosa no BBB20 Imagem: TV Globo

Do UOL, em São Paulo

27/01/2020 12h38

A Globo decidiu manter Petrix Barbosa no BBB 20 mesmo depois de uma forte campanha na internet pedindo a eliminação do ginasta. Durante a primeira festa do reality, na sexta-feira, o atual líder tocou os seios de Bianca Andrade, que estava visivelmente alcoolizada.

Bianca foi chamada ao confessionário e questionada se a situação havia causado a ela algum desconforto. Negou, dizendo que a intenção do ginasta era animá-la. A produção, então, não considerou o ocorrido como assédio, e Petrix permanece no jogo.

Esta não é a primeira vez que o comportamento de um homem em relação a uma mulher é questionado pelos telespectadores de realities e nada acontece.

Enquanto algumas situações causaram expulsão ou desclassificação em vários programas —inclusive em edições passadas do BBB—, outras passaram batidas pela produção, mesmo com o alerta dos telespectadores.

Relembre:

Frank Cavalcante e MC Marcelly (Power Couple)

MC Marcelly e Frank Cavalcante participaram do Power Couple, em 2017, e o público ficou chocado com a forma como o empresário tratava a funkeira. Em uma discussão que repercutiu muito na ocasião, Frank se irritou após a mulher comer uma bomba de chocolate —e, segundo ele, sair da dieta.

"Você tem que me respeitar como homem, só isso que você tem que fazer. Se eu já falei que tem que fazer, tem que fazer, e é o que estou falando. Eu só estou falando para você malhar, porque você está comendo escondida de mim e porque está engordando. Se estivesse magra, não estaria cobrando", disse ele, argumentando que era o empresário dela.

"Infelizmente, além de ser a minha mulher é o meu trabalho", afirmou.

Posteriormente, ele tentou amenizar o que havia dito, admitindo erro. "Mas ela não está errada. Sou eu quem estou errado por cobrar sempre a mesma coisa. Eu não sei o limite de parar, não me preocupo onde falar, falo em qualquer lugar e isso a magoa", ressaltou.

Maycon e Isabella (BBB 18)

Os dois viveram um rápido romance no BBB 18, mas Isabella decidiu seguir em frente e falou para Maycon que não queria mais nada com ele. O brother não aceitou ser rejeitado e o que ele fez? Tentou roubar um beijo de Isa.

"Você tem que cair na real, você não está caindo na real. Somos só amigos", afirmou ela. Maycon continuou insistindo e disse que "pegada de mineiro" era apaixonante.

Após saírem da casa, os dois descartaram a chance de um romance e afirmaram que entre eles o que prevalecia era a amizade.

Miguel (De Férias com o Ex Brasil)

Miguel foi acusado de ser machista na última temporada do De Férias com o Ex Brasil. Na festa de boas-vindas preparada pela MTV, ele causou estranhamento entre as mulheres com a seguinte frase: "Primeira regra: quem manda é nós [sic]. Segunda regra: todas elas querem nós [sic]".

Em outro momento, Miguel surpreendeu Fábia e Carlos, que se beijavam, e deu um beijo à força na participante. Ela o empurrou e limpou a boca, protestando contra a atitude.

"Achei que vocês estavam na vibe do 'quem divide multiplica'", disse ele, tentando se justificar.

Rodrigo e Rízia (BBB 19)

Rízia, no BBB 19, reclamou que Rodrigo tentou beijá-la sem o seu consentimento durante uma festa. O curioso é que a alagoana se queixou justamente para Hariany, que atualmente enfrentou situação de assédio em A Fazenda 2019, e com Paula, que venceu o programa.

"Eu juro, ele tentou me beijar. Eu fui dar um selinho nele e no Alan e ele botou a língua para fora", afirmou ela, que disse ter achado "uma palhaçada" a atitude do brother. Em outro momento, ela se mostrou incomodada por ele pegar em sua mão e se esquivou.

A atitude de Rodrigo, entretanto, não abalou a relação dos dois, que continuaram amigos após o reality.

Ivo e Dayse (MasterChef Brasil)

Uma polêmica sobre machismo marcou a edição de 2016 do MasterChef Brasil Profissionais. Um momento que saltou aos olhos do público foi quando Ivo mandou Dayse varrer o chão. Na época, ele negou que tenha sido machista.

"As pessoas que me conhecem sabem que não é [machismo], sabem que foi um momento muito profissional, que eu estava simplesmente defendendo um trabalho, longe de ser machista. Tomo conta de oito restaurantes, e o que mais tem é mulher. A maioria das minhas subchefes foram mulheres. Longe de preconceito, longe de machismo de mulher na cozinha", disse ele.

Rafael e Tamires (BBB 15)

No BBB 15, Rafael bebeu todas em uma festa e achou que seria uma ótima ideia beijar Tamires. O detalhe é que Talita, a namorada dele na época, havia acabado de ser eliminada do reality da Globo.

Tamires também estava alegrinha, mas nem por isso permitiu que rolasse algo. "Para, é sério! Amanhã você vai acordar cheio de arrependimento, e eu sou o tipo de menina encanada. Não vou ficar tranquila com arrependimento alheio", disse ela, que o mandou dormir sozinho.

No dia seguinte, Rafael se mostrou inconformado ao ser informado sobre o que havia feito e disse para Tamires que não se lembrava de nada.

Vini (De Férias com o Ex Brasil)

Vini foi acusado de ser machista na temporada do De Férias com o Ex Brasil de 2018 por comentários que fez sobre celulite de uma das participantes. "O debate sobre objetificação da mulher é superválido, mas não acho que tenha sido esse monstro todo que pintaram", defendeu-se ele em entrevista ao UOL.

O programa não exibiu a polêmica frase das celulites, mas, sim, a repercussão do comentário. Vini conta que eles aguardavam nos bastidores para gravar os depoimentos quando uma das meninas, Mylena, distorceu o que ele falou, o que, segundo ele, deu a entender que havia ofendido as mulheres.

Especial BBB20