PUBLICIDADE
Topo

Felipeh Campos é ordenado a pagar R$ 108 mil a hospital por internação

Felipeh Campos já participou de A Fazenda - Divulgação/Record
Felipeh Campos já participou de A Fazenda Imagem: Divulgação/Record

Bruno Thadeu

Colaboração para o UOL, em São Paulo

19/02/2020 04h00

O comentarista de fofoca Felipeh Campos foi condenado pagar R$ 108,2 mil de indenização ao hospital Sírio Libanês. O Tribunal de Justiça concluiu que o integrante do programa "A Tarde É Sua", da Rede TV!, não pagou a internação médica ocorrida de janeiro a fevereiro de 2016, em São Paulo.
Na ocasião, o jornalista sofreu paralisia facial, sendo internado no Sírio.

À Justiça, o jurídico do hospital informou que o tratamento médico custou R$ 61,5 mil. Com correções, multas e honorários, o valor aumentou para R$ 108,2 mil.

Na ação, os advogados do hospital apresentaram notas fiscais de "Contrato de Prestação de Serviços Médicos e Hospitalares", que teriam sido assinadas por Felipeh.

Conhecido por ter interpretado o personagem Pablo, do "Qual É a Música?", extinto programa do SBT, Felipeh foi citado judicialmente ao longo da ação, mas não apresentou contestação no prazo legal.

Por esse motivo, a juíza Mônica Encinas, da 3ª Vara Cível, presumiu como verdadeira a reclamação do hospital.

Hospital quer penhora dos salários de Felipeh


Os advogados do hospital pediram a penhora de bens do comentarista. A Justiça não encontrou recursos financeiros nas contas bancárias para quitar a dívida. Posteriormente, o Tribunal intimou a Rede TV! a informar os rendimentos de Felipeh.

A emissora comunicou ao Tribunal que o programa A Tarde É Sua é produzido por uma produtora terceirizada (Câmera 5), que seria encarregada dos vencimentos de seus participantes. A produtora será intimada a prestar esclarecimentos.

"Inicialmente, buscamos um acordo com o Felipeh sem que houvesse necessidade de ir à Justiça, mas não houve retorno dele. Solicitamos ao Tribunal a desconsideração da personalidade jurídica [da pessoa física para a pessoa jurídica] para que sejam verificadas as empresas que ele é sócio", comentou o advogado Elias Farah Júnior, que representa o hospital.

O UOL procurou Felipeh Campos, mas não obteve retorno. Ele não constituiu advogado para o caso.

Famosos