PUBLICIDADE
Topo

Famosos


Advogados de Rose rebatem nota da família de Gugu: "Agressões covardes"

Rose Miriam chora em velório de Gugu - Manuela Scarpa e Marcos Ribas/Brazil News
Rose Miriam chora em velório de Gugu Imagem: Manuela Scarpa e Marcos Ribas/Brazil News

Do UOL, em São Paulo

20/02/2020 13h49

Os advogados de Rose Miriam di Matteo, mãe dos filhos de Gugu Liberato, reagiram ao comunicado enviado hoje pela assessoria de imprensa da família do apresentador, em que dizem que Rose é "uma empresária muito bem-sucedida nos EUA" - negando que ela passe por dificuldades financeiras. Eles afirmaram que o texto contém falsas informações e agressões covardes.

"A tática, mais uma vez, é desqualificá-la com agressões covardes e falsas informações para criar uma cortina de fumaça perante a opinião pública", diz nota enviada pelos advogados Nelson Williams e João Manssur.

A família de Gugu afirma que Rose recebeu uma casa de alto padrão e é uma "empresária muito bem-sucedida no olhar do governo americano". "Graças ao investimento de cerca de US$ 500 mil dólares feitos por Gugu Liberato em seu nome no Orlando City Soccer, ela recebeu o Green Card", acrescenta.

Para os advogados de Rose, as falas da família de Gugu reiteram suas posições - eles alegam que ela foi aliciada a participar da leitura do testamento e dizem que eles viviam em união estável.

"As colocações só reafirmam o que nós, Nelson Wilians e João Manssur, e a viúva Rose Miriam afirmamos sobre a leitura do testamento. Ou seja, poucas horas após o enterro do apresentador, ainda abalada pela tragédia, sob efeito de calmantes e sem a menor condição de discernir nada, a viúva foi levada/arrastada para um escritório para a leitura do testamento. Lá, foi induzida a assinar vários documentos", alegam eles, que citam um boletim de ocorrência feito por ela para acusar a coação.

"Quanto ao seu retorno à América com os filhos no dia seguinte ao enterro, vale ressaltar que a passagem foi comprada pela família materna de Gugu, com a intenção de que Rose Miriam fosse o mais rápido embora do Brasil, como também está registrado no Boletim de Ocorrência", diz o comunicado.

Os advogados dizem que a casa de alto padrão de Alphaville citada pela família de Gugu era administrada pelo apresentador, "que também cuidava da declaração de Imposto de Renda de Rose Miriam. A casa sequer consta na declaração de IR dela, pois, segundo informações, era apenas para usufruto."

"Hipocritamente, chegam a dizer que ela é uma empresária bem-sucedida nos Estados Unidos. Rose se dedicava unicamente à educação e criação dos filhos. É público e notório que foi o falecido apresentador que providenciou investimentos nos Estados Unidos para que a família obtivesse o Green Card. Toda a gestão desse processo foi realizada por Gugu Liberato. Sem nenhuma interferência de Rose Miriam. Bem-sucedido era o falecido apresentador, não Rose Miriam. Por outro lado, essa colocação só é mais uma evidência de que Gugu e Rose Miriam viviam em união estável" defendem eles.

Os advogados ainda citam que a pensão de US$ 10 mil para Rose Miriam ainda não foi paga. "Os advogados da família materna de Gugu estão usando a demora da Justiça com solicitações de alvará em juízo para cumprir uma determinação judicial. Portanto, ela está sim passando necessidade. Até aqui, nem por caridade a família materna repassou algum provento a ela", conclui o comunicado.

Famosos