PUBLICIDADE
Topo

Televisão

Evaristo Costa diz que recusou contraproposta da Globo para se aposentar

Jornalista se queixou da falta de liberdade que tinha antes de se mudar para a Inglaterra com a mulher e as filhas - Reprodução/Instagram
Jornalista se queixou da falta de liberdade que tinha antes de se mudar para a Inglaterra com a mulher e as filhas Imagem: Reprodução/Instagram

Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

09/03/2020 22h45Atualizada em 09/03/2020 23h07

Evaristo Costa disse ter recebido várias contrapropostas da TV Globo, emissora em que trabalhou antes de decidir pela aposentadoria.

"Fiz um plano aos 13 anos para me aposentar aos 40. Quando alcancei essa independência financeira, cheguei para a empresa e falei que não tinha mais interesse de continuar trabalhando", afirmou.

Uma das estrelas da CNN Brasil, Evaristo participou hoje do lançamento oficial do canal, que vai ao ar a partir do próximo domingo (15).

Questionado pelo UOL, ele afirmou que não tinha planos de voltar à TV. O jornalista se queixou da falta de liberdade que tinha antes de se mudar para a Inglaterra com a mulher e as filhas.

"Eu entrava às 8h e saía às 17h [na Globo], indo para o Rio e SP. Eu não tinha liberdade na minha vida. Não tinha mais intenção de todos os dias estar numa emissora. Eu teria que voltar para o Brasil. A minha proposta de vida era mudar para fora", afirmou ele.

Com contrato assinado com a CNN há quase um ano, Evaristo afirmou que no novo canal conseguiu conciliar sua rotina pessoal com a profissional. Ele apresentará um programa semanal de documentários, aos domingos.

"Eles me deixaram totalmente livre para ser eu, mas não podia exagerar porque poderia queimar um pouco o filme", brincou. "Sou essa pessoa mais bem-humorada e leve. O jornalismo faz essa capa em volta de você e te deixa mais sisudo. Mas fora do telejornal sou exatamente como sou na internet".

Rotina de pai de família

Evaristo Costa disse que em nenhum momento se arrependeu de ter saído da Globo, mesmo recusando contrapropostas da emissora. "Em nenhum momento tive dúvida ou consciência pesada. Foi na hora certa e como eu planejei. Foi o plano perfeito", garantiu.

O jornalista contou como é a sua rotina na Inglaterra, classificada por ele como "comum a de um pai de família".

"Tenho o maior prazer de estar com minhas filhas e poder curtir, coisa que a empresa [Globo] não me dava possibilidade", afirmou. "Levo para a escola, busco, faço tarefa junto. Quando elas estão na escola, eu passeio de bicicleta, vou ao cinema, biblioteca, maratono uma série", acrescentou.

Televisão