PUBLICIDADE
Topo

Reality shows

Reality 'Soltos em Floripa' tem sexo sem edredom e famosos comentando

Participantes de "Soltos em Floripa", reality show brasileiro do Amazon Prime Video - Divulgação
Participantes de 'Soltos em Floripa', reality show brasileiro do Amazon Prime Video Imagem: Divulgação

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

20/03/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Programa da Amazon terá muita treta e pegação entre os oito jovens que ficam em uma mansão em Floripa
  • Famosos comentam o que a turma apronta e têm até um programa separado : 'A Resenha'
  • Episódios são liberados semanalmente pela Amazon

"Soltos em Floripa", reality brasileiro da Amazon que estreia hoje, pode lembrar um pouco o "De Férias Com o Ex", da MTV. Ele acompanha um grupo de gente jovem e bonita convivendo em uma mansão nos cenários paradisíacos de Florianópolis, com direito a muita treta e pegação. Mas há algumas diferenças importantes: os participantes não ficam confinados; há um grupo de famosos comentando tudo o que eles fazem no programa; e as cenas quentes são capazes de chocar até os fãs mais acostumados à pegação do "De Férias".

Logo no primeiro episódio, ao qual o UOL assistiu a convite da Amazon, os participantes, quatro homens e quatro mulheres, mostram ter deixado a timidez longe das câmeras. Um casal vai transar no chuveiro, com direito a gemidos que podem ser ouvidos pela casa inteira, e outro resolve fazer sexo no quarto privativo da casa sem nem considerar se esconder embaixo do edredom.

A segunda cena deixou de boca aberta até o time de comentaristas famosos formado por Pabllo Vittar, pelo ator Felipe Titto, pelo cantor sertanejo Mariano, pela cantora e compositora carioca MC Carol e pelos influenciadores digitais John Drops e Bianca Andrade —que gravou sua participação antes de entrar na casa do "BBB 20".

Parte dos comentários dos seis pode ser vista nos episódios do reality, mas uma versão maior do papo deles será exibida no especial "Soltos em Floripa: A Resenha", exibido sempre às terças-feiras. Aliás, fica o lembrete: tanto "Soltos em Floripa" quanto "A Resenha" irão ao ar com um episódio por semana, liberado sempre à meia-noite. Ao todo, serão oito de cada um.

Espere muita confusão

Os participantes do "Soltos em Floripa" são Beatriz Garcia, gerente administrativa de 26 anos, da cidade de Santos, litoral de São Paulo; a paulistana Thais Pereira, modelo de 21 anos; as estudantes universitárias Nathália Gomes, 26 anos, de Goiânia (GO), e Taynara Nunes, 22 anos, de Sorocaba (SP); os empresários Ramon Bernardes, 25 anos, do Rio de Janeiro (RJ), e João Mercuri, 28 anos, de Campinas (SP); Murilo Dias, promoter de Brasília (DF), de 28 anos; e o vendedor de Vitória (ES) Luan Cavati, de 26 anos.

Os oito, além de morarem em uma mansão, saem juntos para bares e baladas —e podem até levar gente de fora para a casa, o que é garantia de brigas. "Nunca vi um reality que você pode levar pessoas de fora para dentro. Tem muita confusão que acontece envolvendo essas pessoas de fora, e por causa delas", entrega ao UOL MC Carol.

Tanto ela quanto John Drops garantem que o público pode esperar muitos outros momentos quentes ao longo dos episódios. "Quando eles toparam participar dessa loucura, eles foram de cabeça. O primeiro episódio não é nada perto do que está vindo aí", diz o influencer.

Na sala de casa

No "A Resenha", os seis comentaristas famosos ficam bem à vontade para dar suas impressões sobre o reality. Tem eleições de "crushes", expressões de choque, risadas e até debates sobre o que eles fariam no lugar dos participantes.

Ao UOL, Mariano conta que ele e os colegas devoraram o reality em três dias para gravar os comentários. "A gente maratonou mesmo. Assistimos aos episódios na íntegra e fomos comentando passo a passo." E as reações são todas reais: "A gente assistiu e falou na hora, a gente teve o impacto imediato mesmo".

"Tem essa vibe de estar em casa. Tem uns episódios em que eu estou de pantufa, de pijama", diz John, antes de contar que não é sempre que os comentaristas vão concordar a respeito do que acontece na casa: "A gente assistia bebendo, comendo e dando risada. Tinha opiniões divergentes, mas a gente sabia respeitar. Teve algumas vezes em que quase rolou um embate de opiniões, com cada um querendo defender o seu personagem preferido".

Para Carol, cada episódio foi uma surpresa. "A gente ficava embasbacado. É um reality muito livre. Eles fizeram o que eles queriam fazer, a gente comentava o que queria comentar. A gente imagina que todo o mundo vai se fazer de santinho, mas não."

O final, ela diz, é o episódio mais chocante. "Sabe aquelas séries de que a gente fica com raiva porque quer mais? Foi isso. A gente quer a segunda temporada para ontem!" Já John quer ver um reencontro de todos os participantes: "Acho que tem que ter uma lavagem de roupa suja".

Reality shows