PUBLICIDADE
Topo

TV e Famosos

Pugliesi perde patrocinador após promover festa e furar quarentena

Rafael Godinho

Do UOL, no Rio

26/04/2020 15h40Atualizada em 21/07/2020 13h10

Gabriela Pugliesi está pagando caro pela pequena festa realizada em sua casa, em São Paulo, na noite de ontem, em meio à pandemia do coronavírus. A influenciadora digital, especializada em saúde e bem-estar, acabou se queimando com patrocinadores ao contrariar a recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde) de se manter em quarentena. A atitude ainda recebeu críticas justamente porque Pugliesi foi uma das primeiras celebridades brasileiras a contrair covid-19.

"Não incentivamos atitudes que possam colocar a saúde de qualquer pessoa em risco, assim, estamos suspendendo todas as ações que tínhamos programadas com a influenciadora e adiantamos que esse é nosso posicionamento em qualquer outra situação similar", declarou no Twitter a Liv Up, marca de alimentos saudáveis.

Procurada pelo UOL, a Liv Up disse: "A Liv Up informa que não apoia ou incentiva qualquer tipo de atitude que possa colocar em risco a saúde e o bem-estar de qualquer pessoa. Sendo assim, confirma que suspendeu todas as ações previstas e programadas com a influenciadora Gabriela Pugliesi e que manterá a postura semelhante com qualquer outro parceiro ou situação simular que venha a ocorrer".

A empresa disse ainda que "está seguindo desde o início, todas as recomendações e cuidados da OMS em relação à covid-19 e adotou uma série de medidas para proteger colaboradores, clientes e parceiros, além de recomendar, sempre que possível, para ficar em casa e evitar aglomerações".

Questionada por usuários do Twitter sobre se continuaria a patrocinar Pugliesi, outra empresa, o BTG Pactual, disse que seu acordo com a influencer já havia terminado.

"Tivemos um contrato de seis meses com a influenciadora que venceu em fevereiro. O banco e seus sócios têm sido atuantes nas ações de combate à Covid-19 e doaram R$ 50 milhões para várias iniciativas", informou a conta oficial do BTG no Twitter.

Ex-BBB Mari estava no encontro

A festa na casa de Gabriela Pugliesi contou com a presença da ex-BBB Mari Gonzalez e seu namorado, Jonas Sulzbach, além de outras blogueiras.

A influencer também foi alvo de críticas dos vizinhos, que reclamaram do barulho até de manhã.

De madrugada, Pugliesi e algumas de suas convidadas chegaram a postar fotos e vídeos do encontro nos stories do Instagram. Quase todas as mídias foram tiradas do ar assim que usuários do Twitter começaram a criticar o comportamento dela. Em um dos vídeos, em que aparecia sozinha, Pugliesi chegou a dizer "foda-se a vida".

A influencer foi uma das primeiras famosas a contrair a covid-19 no Brasil, no casamento da sua irmã, Marcella Mineli, com Marcelo Bezerra de Menezes. Um dos padrinhos havia voltado do exterior infectado, espalhando para outros convidados. Até a cantora Preta Gil, uma das atrações da festa, testou positivo para o novo vírus.

Pedido de desculpa

Surpreendida com a repercussão negativa do seu ato, Pugliesi fez um vídeo pedindo desculpa em sua conta oficial no Instagram. Confira o desabafo na íntegra:

"Eu só estou fazendo esse vídeo para pedir desculpas, do fundo do meu coração. Ontem eu juntei meia dúzia de amigos aqui em casa, a gente pediu comida, bebeu. Eu me passei, postei, falei besteira. Enfim, estou extremamente arrependida, estou mal comigo mesma, fui irresponsável, imatura, e mais uma vez quero pedir desculpas. Errei porque não é para juntar gente em casa, porque tem gente passando dificuldade, porque é ofensivo, não ajuda ninguém nesse momento.

A quarentena está difícil para mim, mas sei que está muito mais difícil para outras pessoas. E eu que me proponho sempre a falar sobre como a vida pode ser maravilhosa, tenho que ter responsabilidade sobre o que eu falo, sobre o que eu faço, sobre o que eu posto. Então, queria pedir desculpas do fundo do meu coração".

TV e Famosos