PUBLICIDADE
Topo

Pugliesi pode ter perdido até R$ 3 milhões por festa durante quarentena

Do UOL, em São PauloPugliesi pode ter perdido até R$ 3 milhões por festa durante quarentena

01/05/2020 16h28

A festa feita durante a quarentena pelo novo coronavírus custou caro para a blogueira Gabriela Pugliesi: de acordo com levantamento feito pela revista Forbes, o prejuízo com as quebras de contratos publicitários em decorrência da polêmica pode chegar a R$ 3 milhões.

A estimativa foi calculada pela BRUNCH, agência responsável por gerenciar a carreira de influenciadores digitais como Nath Finanças, MariMoon, Dora Figueiredo e Blogueira de Baixa Renda.

Pugliesi perdeu quase dez contratos com marcas como HOPE, Desinchá, Baw, Rappi, LBA, Body For Sure, Evolution Coffee, Mais Pura e Liv Up. A quebra de contrato pode configurar, ainda, pagamento de multa de até 100%, cancelamento dos valores em aberto e até ressarcimento do valor pago — o que aumenta ainda mais o prejuízo.

Outras empresas que trabalharam com a blogueira no passado anunciaram que não a enxergam mais como uma futura parceira de trabalhos, por discordar de sua atitude diante da pandemia do novo coronavírus. É o caso de Kopenhagen, Ambev e Fazenda Futuro.

Avaliando parâmetros como custos de produção e de imagem no mercado, a agência calcula que cada post da influencer no feed custa, no mínimo, R$ 17 mil. Para três postagens nos stories, o valor sobe para R$ 21 mil.

"Como Gabriela tirou o perfil do ar, não foi possível saber qual foi a entrega de cada trabalho. Por isso, a conta foi feita levando em consideração os contratos que normalmente as marcas grandes costumam fechar: um post no feed e uma sequência de três stories por mês em contratos trimestrais", explica Ana Paula Passarelli, cofundadora da agência, em entrevista à Forbes.