PUBLICIDADE
Topo

Televisão

Alexandre Garcia rebate áudio: 'Maledicência não depende de calendário'

Alexandre Garcia testa estúdio que está bancando com recursos próprios - Arquivo pessoal
Alexandre Garcia testa estúdio que está bancando com recursos próprios Imagem: Arquivo pessoal

Colaboração para o UOL, em São Paulo

11/05/2020 23h22

Na noite de hoje (11), o jornalista Alexandre Garcia rebateu, em seu Twitter, o áudio vazado de uma ligação dos também jornalistas Guiliana Morrone e Gerson Camarotti, da Globo News.

"Ela falou para uma pessoa, sem intenção de que chegasse a milhões. Mas, como o telefonema vazou, preciso responder. É o que farei no meu YouTube nesta terça, 12, a partir de 21h30. Imagino que "gagá" seja preconceito contra os mais vividos; já maledicência não depende de calendário", escreveu Alexandre na rede social.

A polêmica começou quando a coluna de Leo Dias, no UOL, divulgou áudio em que os dois jornalistas da Globo conversam sobre o ex-colega de emissora. "Ele é ridículo. No dia que o Bolsonaro falou em cassar a concessão da Globo, ameaçou, ele endossou. Achou que era lindo, que tinha que cassar a concessão da Globo", disse Morrone em um trecho do áudio.

Em seguida, após ler um tweet de Garcia em que ele comenta sobre a entrevista de Regina Duarte para a CNN, ela ataca: "Eu fico pensando assim, se não tá gagá, entendeu? Só pode ser. Tipo a Regina Duarte, né?", afirmou a jornalista, que teve a concordância de Gerson: "Mas eu acho que ali, sabe o que é, é faturar agora ganhando com os seguidores. Os radicais. Ele tá ganhando dinheiro com isso. YouTube...", teorizou.

Siga o UOL no

Televisão