PUBLICIDADE
Topo

Yudi já dormiu com dez mulheres numa noite; agora, não transa há 9 meses

Yudi Tamashiro, apresentador da RedeTV! - Leo Franco / AgNews
Yudi Tamashiro, apresentador da RedeTV! Imagem: Leo Franco / AgNews

Do UOL, em São Paulo

31/05/2020 11h43

O apresentador da Rede TV!, Yudi Tamashiro, fez revelações durante uma entrevista ao canal 'Lisa, Leve e Solta' da jornalista Lisa Gomes, no YouTube. Ele falou sobre abusos de bebida alcoólica e festas quentes, em que dormiu com até dez mulheres em uma noite, antes de se converter a evangélico. E também revelou que está há nove meses sem fazer sexo - e tentando deixar de se masturbar.

Yudi fez longas reflexões sobre o que tentava viver indo da adolescência para a fase adulta e sobre os problemas de crescer num ambiente do show business. "O que eu queria sentir era o que outras pessoas sentiam", diz ele, que às vezes apresentava programas virado, após passar a noite com garotas. "Os rolês eram bem divertidos. As meninas se divertiam", relembrou.

Questionado por Lisa com quantas mulheres ficou com uma noite, ele disse: "Aí já não sei não, perdi um pouco a noção". Ela insistiu: "Umas dez?".

"Por aí, por aí... A gente fazia umas viagens, ia pra praia, teve coisas boas", riu ele.

Eu soube aproveitar bastante, mas nada se compara com o que estou vivendo agora. Durou pouco minha fase de rebeldia, de conhecer o mundo e de achar que eu ia comprar a felicidade. A tranquilidade eu consigo viver hoje com Deus e com meu trabalho."

Algumas das experiências eram com muito álcool, mas sem drogas. "Bêbado sim, drogado não. Vi tanta gente se acabando com droga, então nunca experimentei. Eu queria ficar muito louco mesmo, viver intensamente. Quando me converti, parei de beber. Me converti faz três anos. Eu tive a oportunidade de experimentar tudo isso. MAs nada disso foi o suficiente para completar essa felicidade. O que me fez feliz mesmo foi encontrar Jesus Cristo. Para mim fez total sentido. A felicidade já está dentro de mim."

9 meses sem sexo

Yudi revelou que tenta seguir os ensinamentos da Bíblia e falou do período que está sem fazer sexo. Mas admitiu que é mais difícil não se masturbar

"Estou há nove meses sem sexo. Me masturbar, eu me masturbei essa semana, mas já fiquei mal, tô lutando contra isso", revelou. "Passa rápido [o tempo sem sexo], a gente começa a sentir amor em tudo. Eu passei a acreditar mais no amor.

O apresentador falou sobre questionamentos que se fez sobre experiências homossexuais, mas disse nunca ter ido nesta direção.

"Eu já parei para pensar muito nisso e várias vezes. Tive sempre muito contato com pessoas que queriam ficar, tentei me imaginar ficando com outro cara pra entender e eu não conseguia. É algo que tinha um bloqueio. Deu um bloqueio na minha cabeça. Tentei imaginar, mas é algo que não me sinto muito confortável"

Um episódio aconteceu quando fez o musical dos Mamonas Assassinas. "Alguns meninos ficavam com brincadeira de ficar passando a mão. Chamei o diretor, o elenco e falei: 'Gente, não tenho preconceito, até porque fui criado dentro de uma televisão e na TV tem tudo, mas não gosto que passem a mão na minha bunda, que fiquem de brincadeirinha'. Isso ficou muito claro e foi a melhor coisa que fiz. Ficou muito saudável a convivência."

Revolta na adolescência

Sobre ouvir o apelido de Playstation, ele diz que se irritava mesmo e considera que passou por períodos de depressão, não diagnosticados, quando apresentava o Bom Dia e Companhia.

Na adolescência, eu queria ser mais velho, queria ser valentão. Queria ser um jovem normal, um adolescente normal. Mas eu não podia, porque eu tinha uma imagem muito de criança e isso me revoltava demais. Quando as pessoas gritavam Playstation, é como se gritassem que eu era um bebê. Na fase adulta, quando comecei a tirar dinheiro com isso, eu passei a agradecer"

Yudi ainda falou sobre o bigode que vem ostentando e brincou: "Mas a direção lá da RedeTV! já quer que eu tire".

Famosos