PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Taís Araújo protesta contra vidas negras 'arrancadas' e pelos 'ainda vivos'

Taís Araújo protestou contra a violência contra negros - Reprodução/YouTube
Taís Araújo protestou contra a violência contra negros Imagem: Reprodução/YouTube

Colaboração para o UOL

02/06/2020 19h26

Taís Araújo se juntou hoje aos artistas e celebridades que protestam nas redes sociais sobre a violência contra pessoas negras. A atriz citou no Instagram uma série de nomes de vítimas, entre elas os jovens brasileiros João Pedro Mattos Pinto e Ágatha Felix e o norte-americano George Floyd, todos negros mortos em ações policiais.

"É pela Cláudia Silva Ferreira, Jenifer Cilene, Kethellen de Oliveira Gomes, Kauã Rozário, Kauê Ribeiro, pela Agatha Félix, por João Pedro Mattos, Marielle Franco, George Floyd e outras tantas pessoas que tiveram suas vidas arrancadas. Para todos e por todos que ainda estão vivos", escreveu a artista, em isolamento social ao lado do marido, Lázaro Ramos.

A mensagem teve apoio dos seguidores da atriz. "Poder para o povo preto e indígena", escreveu um deles. "Precisamos viver sem medo", acrescentou uma mulher.

Na manhã de hoje, pessoas do mundo inteiro, entre elas celebridades, postaram imagens pretas nas redes sociais para protestar contra o racismo, como parte da manifestação virtual Black Out Tuesday. O ato ocorre oito dias depois da morte de George Floyd, um homem negro, por um policial branco.

Famosos