PUBLICIDADE
Topo

Eduardo Costa diz que Brumadinho "cheira a morte", e prefeitura rebate

Eduardo Costa - Reprodução/Instagram
Eduardo Costa Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL

03/06/2020 10h00

A Prefeitura de Brumadinho (MG) divulgou carta no último sábado (30) com críticas ao cantor sertanejo Eduardo Costa. Em live, ele teria criticado a cidade mineira, dizendo que o local "cheira a corpo, morte".

Na ocasião, ele falava sobre a possibilidade de fazer um show na cidade, que sofreu em janeiro de 2019 com um acidente que matou 270 pessoas, com o rompimento de uma barragem da Vale.

"Não está 100% definido. Estamos procurando um lugar. Como a cidade foi devastada, é difícil um lugar em Brumadinho para se fazer qualquer tipo de evento. A cidade está totalmente devastada. Aquele lugar cheira a corpo, morte. Só quem passa lá que vê", disse o cantor.

Após a repercussão da fala do sertanejo, a prefeitura de Brumadinho resolveu se manifestar com uma nota de repúdio.

"A prefeitura lamenta e repudia a infeliz colocação que fez o cantor ao se referir ao nosso município. Eduardo Costa é um artista que sempre teve um carinho enorme por Brumadinho e esse carinho sempre foi recíproco por parte da população. Por isso, queremos crer que o cantor, talvez por falta de informação sobre a real situação do município, tenha cometido um equívoco que possa e precisa ser reparado", afirmou.

Famosos