PUBLICIDADE
Topo

Henrique Fogaça fecha restaurante no Rio e demite 200 funcionários

Henrique Fogaça, chef e jurado do Masterchef - Divulgação/Band
Henrique Fogaça, chef e jurado do Masterchef Imagem: Divulgação/Band

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/06/2020 21h18

O chef Henrique Fogaça participou de uma conversa no Canal do Datena, mantido por José Luiz Datena no Youtube.

No bate-papo, do qual também participou o cantor Lobão, ele revelou que precisou fechar o seu restaurante em um shopping no Rio de Janeiro por causa da pandemia do novo coronavírus.

O estabelecimento estava instalado no Shopping Village Mall, na Barra da Tijuca. "Um mês você segura; dois meses você vai pro buraco", afirmou o jurado do Masterchef, da Band. Além disso, ele também contou que precisou demitir 200 funcionários dos três estabelecimentos pertencentes a ele — Fogaça ainda tem mais dois restaurantes em São Paulo.

O prejuízo estimado por ele por conta do fechamento dos bares e restaurantes é de R$ 500 mil. "Só nesses quatro meses, estamos com meio milhão de prejuízo. É complicado: o shopping é tipo um sócio seu, participa com 8% de faturamento do grupo, tem que pagar ajuda de fundo, etc. Shopping explora e suga tudo", explicou.

A esperança de Fogaça é a possível reabertura dos restaurantes paulistanos no próximo dia 15. "Vão ter mesas com distanciamento. Tenho 100 lugares, vou abrigar 50 pessoas. Será uma nova forma de trabalho", pontuou.

Em março, Fogaça surgiu no Instagram vestindo uma máscara de gás e falando em "terceira guerra mundial", ao pedir para as pessoas ficarem dentro de casa, ajudando a desacelerar o surto da doença. "Estamos vivendo a 3ª Guerra mundial 'silenciosa' de mãos atadas, onde nosso inimigo é invisível e as armas letais são o contato, o beijo e o abraço", descreveu ele na época.

"Sugiro que todos continuem em suas casas com suas famílias e entes queridos, preservando o mundo de uma catástrofe maior ainda do que já estamos assistindo", completou Fogaça.

Famosos