PUBLICIDADE
Topo

Televisão

Bolsonaro repudia violência em invasão e ataque a jornalista na Globo

Presidente Jair Bolsonaro em Brasília -
Presidente Jair Bolsonaro em Brasília

Do UOL, em São Paulo

10/06/2020 20h05

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se manifestou hoje sobre a invasão de um homem armado que fez como refém a repórter Marina Araújo na sede da TV Globo no Rio de Janeiro.

No Twitter, Bolsonaro prestou solidariedade à profissional e também à apresentadora Renata Vasconcellos, do Jornal Nacional, que era alvo do invasor.

"Repudio completamente qualquer ato de violência contra profissionais da imprensa, o que vai na contramão de nossa defesa histórica e irrestrita da liberdade de expressão e de informação, seja a favor ou contra qualquer governo", escreveu o presidente em sua conta.

"Presto solidariedade às jornalistas Marina Araújo e Renata Vasconcellos, que foram alvos desse atentado covarde e inaceitável", acrescentou Bolsonaro, que pediu que o caso seja apurado "brevemente e o autor punido com o rigor da lei".

Televisão