PUBLICIDADE
Topo

De Férias com o Ex

Mina, do 'De Férias', abre o jogo sobre relação lésbica, homens e feminismo

Engajada e feminista, Mina Winkel participa do "De Férias com o Ex", da MTV - Divulgação
Engajada e feminista, Mina Winkel participa do 'De Férias com o Ex', da MTV Imagem: Divulgação

Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

11/06/2020 04h00

Mina Winkel chegou chegando no "De Férias com o Ex Brasil", que estreou a sexta temporada pela MTV —é possível assistir aos episódios das outras edições pelo UOL Play. No discurso e na ação não teve para ninguém.

Ela falou de feminismo, foi a primeira a beijar na boca e levou uma mulher para a suíte master. A gaúcha beijou também Baby, como Caio Cabral ficou conhecido, que é um verdadeiro amorzinho e caiu nas graças das redes sociais. E tudo isso em UM ÚNICO episódio!

Demorei bastante tempo para aceitar o convite [da MTV] e só consegui dizer sim três dias antes do confinamento. Acho que foi meu lado capricorniano que não queria toda essa exposição, mas meu ascendente em aquário falou mais alto e me lembrei que a vida é uma só. Se essa oportunidade surgiu, por que não me jogar e viver tudo intensamente?.

Feminismo: não só da boca para fora

Quem assiste ao "De Férias" sabe que no programa rolam tretas, pegação e, infelizmente, relações (muitas vezes) abusivas.

"Sou guiada pelo feminismo quando me determino a não deixar o machismo me ferir ou acontecer na minha frente. Ao mesmo tempo em que fui criada a vida toda para achar que tudo o que é machista é normal. Ainda estou aprendendo a ter um olhar mais crítico e problematizador sobre tudo. Ali na casa era o tempo todo, mas era só uma amostragem do que é o mundo real", afirma ela. O programa já foi todo gravado.

Fiz o possível para ser empática com os homens lá dentro, mas hoje entendo minha responsabilidade como influenciadora e sei que poderia ser muito mais rígida. Mas, como todo o mundo, eu aprendo vivendo.

Mina lembra que uma mulher em contato com o feminismo muda totalmente a sua visão de mundo. Mas esse é um processo em constante construção...

A gente passa a olhar tudo na vida de uma perspectiva de gênero, mais do que uma perspectiva individual.

Relação com mulheres

Mina Winkel nasceu e cresceu em Pelotas, no Rio Grande do Sul. O primeiro namoro foi com uma mulher, aos 15 anos, mas ela também curte ficar com homens. O primeiro ex a entrar no "De Férias", inclusive, foi dela.

Já tive relacionamentos com mulheres, e a diferença não está no sexo. Cada um tem a sua história, vivência e olhar de mundo. No relacionamento com uma mulher consigo me identificar mais com as dores, os medos. Consigo entender muito mais o que aparece dentro da relação.

E como é se relacionar com homens?

Em um relacionamento com homem é mais bê-á-bá mesmo. Já sei como funciona, como começa e como termina. Não crio muitas expectativas e não me surpreendo caso aconteça alguma merda.

Relacionamento tóxico

Difícil encontrar alguém que não tenha uma história de relacionamento abusivo, né? Com Mina não é diferente. Ela viveu um namoro difícil que durou aproximadamente sete meses.

É louco, porque quem está dentro não consegue enxergar o quão doente é a relação. Lembro de chorar toda semana e discutir a relação com muita frequência. Eram discussões que só feriam ambos. A gente sempre queria que tudo mudasse, porque na maior parte do tempo essa relação era horrível.

E como ela venceu a relação ruim?

Ninguém muda pelo outro, e aí eu entendi que cada um tem o seu momento. Um das coisas que carrego é que que não tem como a gente amar e querer cuidar do outro se a gente não se ama e se cuida. Quando percebi isso, eu disse adeus e nunca mais voltei para nenhuma relação assim.

Com a fama vem também mais responsabilidade

Os seguidores se multiplicaram com a exposição no "De Férias com o Ex". Até a publicação deste texto já eram quase 230 mil fãs, que se interessaram em saber mais sobre a fada sensata da nova temporada do programa.

"Ser influenciadora é ter muita responsabilidade. Sou ser humano e é importante ter autocrítica e buscar autoconhecimento. Mas se expor nas redes e ter nossa vida aberta para milhares de pessoas é como estar em constante terapia. Quando se faz algo de errado, o mundo aponta os erros e você será obrigado a repensar suas atitudes."

Quantos corações ela merece?

Espero que pelas minhas verdades e vivências eu consiga fazer com que os meus seguidores acreditem mais neles mesmos, que busquem conhecimento e consigam ter compaixão com o próximo para podermos fazer deste mundo um lugar melhor.

De Férias com o Ex