PUBLICIDADE
Topo

Príncipe Harry reflete sobre paternidade e futuro das crianças na pandemia

Harry disse em relatório anual da ong African Parks que a pressão para dar um bom futuro para as crianças aumentou - PA Media
Harry disse em relatório anual da ong African Parks que a pressão para dar um bom futuro para as crianças aumentou Imagem: PA Media

Do UOL, em São Paulo

11/06/2020 12h58Atualizada em 11/06/2020 13h52

O príncipe Harry escreveu uma carta refletindo sobre seu papel de pai do menino Archie e como garantir um bom futuro para todas as crianças do mundo com a pandemia de coronavírus.

Em um relatório anual da ONG African Parks — no qual é presidente —, ele afirma que depois da chegada de Archie, ele pôde ver a responsabilidade de garantir oportunidades para as crianças.

"Desde que me tornei pai, sinto que a pressão é ainda maior para que possamos dar aos nossos filhos o futuro que eles merecem, um futuro que não foi tirado deles e cheio de possibilidades e oportunidades", escreveu Harry.

Explicando que a devastação de ecossistemas está ligada com o surgimento de epidemias, o príncipe reforçou que o momento para cuidar da natureza é agora.

"Quero que todos possamos dizer aos nossos filhos que sim, vimos isso acontecer e, com a determinação e a ajuda de um grupo extraordinário de indivíduos comprometidos, fizemos o que era necessário para restaurar esses ecossistemas essenciais", continuou.

O papai de 35 anos comemorou, no início de maio, o primeiro aniversário de Archie. Em um vídeo, a mãe Meghan Markle segura o menino no colo enquanto lê um livro infantil.

Em abril, o casal lançou uma instituição de caridade batizada em homenagem ao filho. A organização vai servir como substituta do título Sussex Royal, que o casal usava quando fazia parte da família real britânica,