PUBLICIDADE
Topo

Thammy Miranda sobre Carlos Bolsonaro: 'Tem amor enrustido por mim'

O filho do presidente Jair Bolsonaro já usou as redes sociais algumas vezes para publicar fotos de Thammy - Reprodução/Instagram
O filho do presidente Jair Bolsonaro já usou as redes sociais algumas vezes para publicar fotos de Thammy Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

17/06/2020 16h07

O ator e empresário Thammy Miranda participou hoje do Programa Pânico, da Rádio Jovem Pan, e contou que a relação com Gretchen nem sempre foi harmoniosa. Ele disse que, quando se revelou lésbica (ainda antes de passar pela transição), teve diversos atritos com a mãe.

"Poderia ser hipócrita e falar que minha mãe é artista, para frente e que sempre foi tranquilo. Mas não foi. Quando me assumi lésbica, ela ficou p. da vida. Ela não aceitou porque era uma época que ela era bem religiosa, estava bem envolvida com a religiosidade. Então, ela aceitou menos ainda. A gente passou um tempo sem se falar, passamos um perrenguezinho", afirmou.

Para Thammy, essa fase está superada e a mãe é uma de suas maiores aliadas: "Ela entendeu que não é uma questão de chamar atenção ou de escolha. Era minha realidade, eu sentia aquilo, nasci assim. E ela foi compreendendo, o amor prevaleceu e, hoje, ela me respeita, é apaixonada pela minha família, meu filho, minha esposa".

Carlos Bolsonaro

O ator falou também sobre as constantes polêmicas envolvendo ele e o vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro (Republicanos). O filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) já usou as redes sociais algumas vezes para publicar fotos de Thammy, tanto antes da transição como outras mais recentes, com o filho Bento.

"O Carlos Bolsonaro tem amor enrustido por mim. Ele é fascinado por mim, gosta de mim de verdade. Me sinto até lisonjeado [...] Ele, como vereador, tinha que estar preocupado com outras coisas, não comigo. Mas se ele tem tempo para ficar me vendo, me acompanhando, postando coisas sobre mim, zoa comigo, não com minha família", disparou.

Ele ainda disse que não se incomoda é vítima de brincadeiras sobre sua sexualidade ou sua readequação sexual, mas que fica chateado quando o alvo é seu filho: "Ele [Carlos Bolsonaro] foi postar uma foto do meu filho logo quando ele nasceu. Achei de uma falta de sensibilidade. Uma falta de respeito. Pode tirar onda comigo, zoar comigo, postar foto minha de mulher, tem muita coisa para ele zoar comigo. Mas meu filho que acabou de nascer, é uma falta de caráter surreal", criticou.

Papel da internet para se descobrir transexual

Thammy revelou que a internet foi fundamental para a autodescoberta de sua identidade de gênero. Ele disse que se identificou com transexuais que relatavam suas experiências de vida no YouTube.

"Eu sentia que não era só gostar de mulher. Tinha algo mais, eu não estava completo. Aí uma amiga minha me mandou uns vídeos no YouTube de alguns trans de fora do Brasil. Quando eu vi, pensei 'é isso. É assim que me sinto, assim que preciso externar'", contou.

Segundo ele, as informações que adquiriu foram essenciais para tomar decisões sobre a transição e formar sua identidade nos dias atuais:

"Eu não sabia que era possível fazer hormonização, cirurgias, não sabia várias coisas. Foi através desses vídeos que eu fui buscar médicos, pessoas que pudessem me informar mais. Aí eu percebi que é exatamente isso que eu sou. Sempre me senti um homem. Não quero parecer um homem. Não quero nada. Queria era ter nascido de um jeito e não ter passado por preconceito nenhum. Vai além de querer. É sentir. E foi através disso que eu fui buscar me sentir completo. E foi com ajuda de psiquiatra, psicólogo, endocrinologista, que consegui chegar onde estou hoje, me sentindo completo e feliz", finalizou.

Famosos