PUBLICIDADE
Topo

Raul Gazolla revela que sofreu infarto após assassinato de Daniella Perez

Raul Gazolla conta que sofreu infarto em decorrência do estresse após ficar viúvo - Thyago Andrade/Brazilnews
Raul Gazolla conta que sofreu infarto em decorrência do estresse após ficar viúvo Imagem: Thyago Andrade/Brazilnews

Do UOL, em São Paulo*

09/07/2020 08h46Atualizada em 09/07/2020 13h08

O ator Raul Gazolla revelou que sofreu um infarto em decorrência do estresse causado pelo assassinato da atriz Daniella Perez, com quem era casado, em 1992. O crime chocou o Brasil na época, pois Daniella integrava o elenco da novela "De Corpo e Alma", escrita pela sua mãe Glória Perez, e foi morta por Guilherme de Pádua, com quem a atriz fazia par romântico na trama, e por Paula Nogueira Thomaz, que era mulher de Guilherme na época.

"Perdi a minha mulher assassinada, tinha 36 anos, ela tinha 22, e isso causa um estresse enorme. Perdi um sobrinho com 32 anos, e isso pra mim também foi muito forte", lembrou Gazolla em conversa com seguidores na noite de ontem.

Ele explicou que, além do estresse, o fator genético também colaborou para a situação.

"Eu tinha os dois: os irmãos dos meus pais todos morreram com problema de coração e eu tinha o estresse", disse.

O ator revelou que passou mal meses após o crime, quando estava prestes a embarcar em um voo, em São Paulo.

"Comecei a passar mal, a ficar tonto. Fui a um pronto de socorro lá mesmo no aeroporto, e a médica tirou a minha pressão e disse: 'vamos internar o rapaz que a gente está perdendo ele'", comentou. Ele ficou quatro dias internados em um hospital e teve um stent implantado.

Para ele, o mal-estar inicial era em razão de uma intoxicação alimentar e não um entupimento das artérias.

O ator seguiu fazendo tratamentos com remédios e mantendo sua rotina de atividades físicas, pela qual sempre foi "apaixonado".

Mesmo com os cuidados, Gazolla explicou que sofreu infarto mais três vezes em um intervalo de 20 anos. Um ano depois do primeiro infarto, ele teve o segundo, durante uma aula de jiu-jítsu. Os outros dois aconteceram em 2012, nas festas de fim de ano.

"Comecei a treinar controlado e fui treinar crossfit. Parei de tomar remédio para o coração, fiz uma alimentação regrada e seis meses depois fiz novos exames e estava melhor. No final do ano, sem tomar medicamento, cai de boca no panetone e nas comidas de fim de semana, entupi as artérias", completou. Aos 64 anos, Gazolla vem fazendo uma série de lives relacionadas com a saúde no Instagram.

Caso Daniella Perez

Gazolla ficou viúvo em 1992, quando a atriz Daniela Perez — filha da autora Glória Perez — foi assassinada pelo ator e colega de elenco Guilherme de Pádua e por Paula Nogueira Thomaz.

No dia 28 de dezembro de 1992, Guilherme, junto com sua então mulher, Paula Thomaz, grávida na época, mataram a golpes de tesoura Daniela Perez que foi levada por ele a um local isolado na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. Guilherme e Daniela viviam um par romântico na novela "De Corpo e Alma", escrita pela mãe da vítima, Glória Perez.

DANIELA - Reprodução/Facebook - Reprodução/Facebook
Daniela Perez, filha de Glória Perez, assassinada por Guilherme de Pádua em 1992
Imagem: Reprodução/Facebook

Somente em 1997, Guilherme de Pádua foi condenado a 19 anos e seis meses de prisão pelo crime. Como já estava preso aguardando julgamento desde a época do assassinato, foi colocado em liberdade condicional em 1999, depois de cumprir seis anos, nove meses e 20 dias da sentença, um terço do total da pena.

"Foram sete anos num segundo. A vida da minha filha vale só isso? Os sete anos de mordomia que Guilherme de Pádua passou dentro da cadeia? Todo o sofrimento daquela noite em que fui buscar minha única filha morta, apunhalada e desovada num matagal, os cinco anos de exposição pública, à espera do julgamento, o peso disso tudo caiu em cima de mim"

Glória Perez, na época da libertação de Guilherme

Fora da prisão, Guilherme se mudou para Belo Horizonte para viver ao lado dos pais e se converteu a religião evangélica. Foi na capital mineira que conheceu a segunda mulher, Paula Maia, em 2002. Os dois foram casados por oito anos, mas Paula pediu o divórcio em 2014, alegando ter diversas discussões e brigas com Guilherme, além de ser vigiada constantemente por ele.

Mergulhado na religião, Guilherme se formou em Teologia em 2016 e no ano seguinte, se tornou oficialmente pastor da Igreja Batista da Lagoinha, também em Belo Horizonte. No mesmo ano de 2017, o ex-ator se casou pela terceira vez, agora com a estilista Juliana Lacerda, com quem está até hoje.

$escape.getH()uolbr_geraModulos('embed-foto','/2020/pad-1590412599862.vm')

Glória Perez e Raul Gazolla, ex-marido de Daniela Perez, ganharam um processo por danos morais contra Guilherme e sua ex-mulher, Paula Thomaz, em abril de 2016. Glória e Raul tiveram que ser indenizados em 500 salários mínimos cada (cerca de R$ 480 mil na época). Além disso, Guilherme e Paula deveriam arcar com as despesas do sepultamento e funeral de Daniela, no valor de cinco salários mínimos, além das custas processuais e honorários dos advogados.

Em 2019, Guilherme lançou seu canal no YouTube, onde fala sobre seu processo de conversão e outros assuntos religiosos. "Na igreja em que frequento, conheço dezenas de pessoas que eram do crime mudarem de vida porque se tornaram crentes. De certa forma, a igreja é um ambiente muito propício para pessoas que têm a tendência de fazer coisas erradas", diz o ex-ator, em um dos vídeos.

* Com informações de Daniel Palomares

TV e Famosos