PUBLICIDADE
Topo

Televisão

Juliana Paes brinca sobre início de carreira: 'Aquela canastrada clássica'

Alexandre Borges e Juliana Paes em "Laços de Família" (2000) - Reprodução/TV Globo
Alexandre Borges e Juliana Paes em "Laços de Família" (2000) Imagem: Reprodução/TV Globo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

17/07/2020 16h36

Juliana Paes entrou em evidência na tarde de hoje após a TV Globo anunciar que "Laços de Família" será reprisada no "Vale a Pena Ver de Novo" logo depois de "Eta Mundo Bom!", e que "A Força do Querer" vai substituir "Fina Estampa" na faixa das 21 horas.

Ela atuou nas duas novelas, em momentos distintos na carreira: na trama de Manoel Carlos ela ainda estava no início de sua trajetória, enquanto na novela de Glória Perez ela já havia conquistado grande status como atriz.

O jornalista Duh Secco notou, através de sua conta no Twitter, que Juliana estará em duas faixas de horário a partir da reestreia das novelas. "Repararam que vai rolar Juliana Paes no início e na consagração? Mais Carolina Castilho, outra lenda", escreveu ele.

Juliana, então, respondeu a ele fazendo uma espécie de autocrítica do começo de sua carreira. "Para! Menino... Eu engatinhando em "Laços de Família, aquela canastrada clássica... Mas aprendi muito! Aprendi fazendo e errando muito", brincou a atriz.

Em "Laços de Família", Juliana Paes fez sua estreia como atriz interpretando Rita de Cássia, conhecida como Ritinha, empregada de Danilo (Alexandre Borges), com quem acaba tendo um envolvimento amoroso no decorrer da trama.

Apesar da boa repercussão do trabalho, Juliana alcançaria a aclamação nacional três anos depois, em 2003, interpretando Jacky Joy na novela "Celebridade", de Gilberto Braga. A partir de então, ela se tornou uma das atrizes mais requisitadas da TV Globo.

Televisão