PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Anitta se mobiliza para barrar projeto de lei sobre direitos autorais

Anitta se posiciona contra projeto de lei sobre direitos autorais - Reprodução/Instagram
Anitta se posiciona contra projeto de lei sobre direitos autorais Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em Santos

06/08/2020 10h51

Anitta voltou a se mobilizar para tentar barrar, no Congresso, um projeto de regulamentação de direitos autorais que, segundo ela, prejudicariam a classe artística.

A cantora compartilhou, nas redes sociais, um vídeo do deputado Isnaldo Bulhões Jr. (MDB-AL) anunciando a votação, na próxima sessão da Câmara, do projeto de lei 3968 de 1997, de autoria de Serafim Venzon (PDT), que isenta órgãos públicos e entidades filantrópicas de pagamento de direitos autorais pelo uso de obras musicais em eventos.

"Conseguimos com nossa força tirar o assunto de pauta no início da pandemia. Pensaram que tivéssemos dormido e começaram novamente. Estamos atentos e vamos cobrar. Vocês dependem do nosso voto nas próximas eleições. Estamos de olho", postou a cantora.

"Não é só sobre mim... dezenas de famílias vivem dessa forma de sustento. Nossos políticos não podem continuar fazendo manobras de próprio interesse que desvalorizam os artistas (famosos ou não) do nosso País."

Em vídeos postados na função stories do Instagram, ela reiterou o protesto. "Parece que pensaram, 'vamos deixar o povo esquecer, dar uma respirada e esperar o melhor momento'', escreveu. Ela disse que procurará diálogo com deputados que defendem a proposta.

Em maio, Anitta se colocou contra uma emenda, proposta pelo deputado Felipe Carreras (PSB-PE), à medida provisória 948/20.

Entre outros pontos, a proposta — que posteriormente foi derrubada pelo próprio deputado frente à pressão da classe artística — isentava a cobrança de direitos autorais sobre canções de pessoas físicas ou jurídicas, fazendo com que apenas o intérprete arcasse com essa despesa.

Famosos