PUBLICIDADE
Topo

Televisão

Ingra Lyberato revela perrengue em banho nua em 'Pantanal': 'Entre jacarés'

Ingra Lyberato, em cena com Paulo Gorgulho em "Pantanal", e hoje, aos 53 anos - Reprodução/Instagram
Ingra Lyberato, em cena com Paulo Gorgulho em 'Pantanal', e hoje, aos 53 anos Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em Santos

16/09/2020 08h36

Ingra Liberato, que viveu Madeleine em "Pantanal", lembra que teve dificuldade para gravar sua primeira cena sem roupa na novela. Não só pela nudez em si, mas também pelo fato de ela ter de lidar com a presença de piranhas e jacarés.

Na cena, Madeleine e José Leôncio (Paulo Gorgulho) rolam à beira do rio. "Não foi tranquilo. Eu nunca tinha ficado nua em cena. Mas não fazia muito sentido tomar banho vestido com toda aquela natureza pulsando. Mas a coragem não era só para tirar a roupa. A gente nadava entre as piranhas e os jacarés", disse em entrevista à coluna Retratos da Vida, do jornal Extra.

Ingra, que depois viveu a protagonista da novela "Ana Raio e Zé Trovão", diz que entregou o currículo ao diretor de "Pantanal", Jayme Monjardim, na cara dura. Na época, ela namorava o ator Nuno Leal Maia.

"Fui procurar o Jayme dizendo que tinha um material do Nuno para entregar. Quando o encontrei, disse que na verdade só queria entregar meu currículo e buscava uma oportunidade. Ele me disse que esperava que eu fosse tão boa atriz quanto eu era cara de pau. Um ano depois, ele me chamou para o teste de 'Pantanal'", realtou.

Depois do folhetim, Ingra e Jayme se relacionaram e se casaram. A união durou seis anos. "Me apaixonei pelo Jayme ali no Pantanal. Mas a gente só foi ficar junto quando os dois já estavam solteiros. Foi quando gravamos a minissérie 'O canto das sereias' em Fernando de Noronha", afirma.

Televisão