PUBLICIDADE
Topo

Ex-participante do 'Largados e Pelados' é preso acusado de voyeurismo

Alguém da casa chamou a polícia após flagrar Brandon espiado uma adolescente no banho - Reprodução/Discovery
Alguém da casa chamou a polícia após flagrar Brandon espiado uma adolescente no banho Imagem: Reprodução/Discovery

Colaboração para o UOL, em São Paulo

20/10/2020 10h01

Um ex-participante do reality show "Largados e Pelados", produzido pelo Discovery Channel, foi preso ontem, acusado de voyeurismo. Brandon Pope foi detido no Arkansas, estado dos EUA, por espiar uma adolescente da família dele, enquanto ela tomava banho.

Participante da 12ª temporada do show, Brandon não deve mais ser visto andando pelado, mas sim com um uniforme de presidiário. Segundo fontes policiais do site americano TMZ, alguém de dentro da casa foi quem chamou a polícia. Brandon está preso com fiança estabelecida em 50 mil dólares, cerca de R$ 280 mil.

Ele foi integrante do episódio "Ring of Fire" em que os participantes acidentalmente começaram um incêndio que rapidamente se espalhou pela montanha, onde aconteciam as gravações. Na ocasião, produtores tiveram que entrar em cena para restaurar a ordem no reality.

Os participantes de "Largados e Pelados" são deixados (da maneira que o nome sugere) na natureza com algumas ferramentas, geralmente uma faca, um fogareiro e uma panela. Eles enfrentam presadores, mosquitos, queimaduras de sol, frio, fome e uns aos outros. O objetivo dos participantes é sobreviver por três semanas, mas não há prêmio por completar o desafio.

Brandon Pope já tinha experiência com shows de sobrevivência, antes de participar do "Largados e Pelados". Em 2017, ele participou do programa "Darkness", também da Discovery, em que os protagonistas ficam presos dentro de cavernas e minas abandonadas durante uma semana.