PUBLICIDADE
Topo

Famosos

MC Poze tem casa assaltada e é algemado, no RJ; trio roubou R$ 5 mil

Marcela Lemos

Colaboração para o UOL, no Rio

05/11/2020 10h09

O funkeiro Marlon Brendon Coelho Couto da Silva, o MC Poze, teve a casa, no bairro do Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste do Rio, assaltada na manhã de ontem e chegou a ser algemado na ação. Segundo o delegado, Alan Luxardo, responsável pelo caso, três criminosos usando máscaras invadiram a residência, em um condomínio de luxo, e levaram R$ 5 mil e joias do apartamento do cantor.

Além do MC, a mulher, o filho e a sogra dele estavam no imóvel e ficaram na companhia dos criminosos.

A advogada do MC, Silvia Martins, disse que ação dos criminosos durou 30 minutos e que o cantor chegou a ser algemado dentro do quarto dele.

"Chegaram até a portaria do condomínio, pediram para o porteiro que liberasse a entrada, que o MC Poze estaria esperando, foi liberada a entrada, eles chegaram na casa, que é a primeira do condomínio e entraram pelo portão da garagem. Renderam primeiro a esposa dele que estava na sala com a criança, e a sogra que estava na cozinha na parte de baixo", disse ela.

"Logo em seguida, eles subiram. O Poze estava dormindo, acordaram, algemaram ele e começaram a pedir dinheiro, coisas de valor e a pedir coisas específicas como caixa de relógio, pulseira da filha dele. Recolheram todos os pertences, colocaram tudo no carro e abandonaram a residência", acrescentou a advogada.

O caso foi registrado na Delegacia do Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste. "Eles entraram sem dificuldade no imóvel, a família estava lá dentro. Já temos uma linha de investigação, mas não posso dar detalhes", disse o delegado ao UOL.

Ninguém ficou ferido na ação. Nas redes sociais, o MC comentou o caso.

"Isso aí que aconteceu, tá tudo sendo resolvido, [queria] agradecer a vocês que estão mandando mensagem, positividade para nós. Infelizmente tocaram no meu ponto fraco, tocaram na minha família, sabe como é. Levaram meus cordões, dinheiro, até as roupas, mas isso mando comprar tudo de novo, mando fazer tudo de novo".

De acordo com a polícia, a casa foi invadida por volta de 10h. O cantor já prestou depoimento na delegacia.

Suposto envolvimento com o tráfico

No mês de julho, MC Poze foi denunciado pelo Ministério Público do Rio (MPRJ) por associação ao tráfico. A prisão preventiva do cantor foi decretada, mas a defesa conseguiu a revogação do pedido. De acordo com o inquérito, MC Poze integra a maior facção criminosa do Rio - o CV (Comando Vermelho).

Em setembro, um policial militar foi preso na Baixada Fluminense suspeito de negociar com um grupo de milicianos a morte do cantor por R$ 300 mil.

MC Poze é morador do Recreio dos Bandeirantes, mas é nascido na favela do Rodo, em Santa Cruz, na zona oeste do Rio. Uma de suas músicas, "Tô Voando Alto", tem 61 milhões de visualizações no Youtube.

Famosos