PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Ângelo Antônio lamenta morte de Francisco: 'Foi um encontro histórico'

Ângelo Antônio como o pai de Zezé Di Camargo e Luciano no filme "Dois Filhos de Francisco" - Divulgação
Ângelo Antônio como o pai de Zezé Di Camargo e Luciano no filme "Dois Filhos de Francisco" Imagem: Divulgação

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

24/11/2020 11h46Atualizada em 24/11/2020 16h40

Ângelo Antônio lamentou a morte de Francisco Camargo, aos 83 anos, pai de Zezé Di Camargo e Luciano. O ator interpretou o ex-lavrador no filme "2 Filhos de Francisco", de 2005.

"Foi um momento especial, um encontro histórico que marcou para sempre por conta de muito carinho da parte dele. Desejo que ele esteja em um lugar de muita luz e muita força para a família toda", disse ele ao UOL.

O ator destacou que Francisco tem filhos maravilhosos, que "cuidaram muito desse pai". Apesar de não se encontrarem pessoalmente há anos, o ator se comunicava por vídeos com "seu" Francisco.

"O Luciano me mandava vídeos, mensagens dele no hospital, ele sempre com aquele jeitinho, cheio de alegria e amor".

Aprendizado

Antes das filmagens do longa de Breno Silveira, o ator passou uma semana na fazenda da família em Goiânia para conhecer melhor Francisco.

A força da alegria dele era contagiante, a coragem e persistência, o Brasil inteiro viu como ele era e como ensinou os filhos dele a ser. Vivi momentos especais.

Ângelo concluiu que tem um carinho por toda a família e recordou que Francisco demorou a entender que seria interpretado por ele no cinema.

"Na primeira vez que a gente se encontrou, ele questionou o Luciano: 'esse rapaz é um repórter? Ele pergunta tanto'. Demorou um pouco para cair a ficha de que seu Francisco seria personagem do filme".

Além do sonhador Francisco ter caído no gosto do público, o ator recebeu só elogios da família pela semelhança.

"A família inteira reconhecia o personagem ali, isso não tem preço. Isso aí vale tudo".

Segundo o crítico de cinema de Splash, Roberto Sadovski, o filme se tornou um dos maiores fenômenos do cinema brasileiro. "Nestes tempos estranhos, é um filme que reafirma a determinação do homem comum e de como seu esforço é capaz de mudar vidas".

Francisco morreu na noite de ontem em um hospital de Goiânia depois de 10 dias internado, em que foi submetido a uma cirurgia de emergência por um sangramento intestinal. Ele está sendo velado desde as 10h da manhã de hoje. O enterro está previsto para 17h, no cemitério Jardim das Palmeiras, também na capital goiana.

Famosos