PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Dinho Ouro Preto pede desculpas aos emos por ter xingado bandas

Dinho Ouro Preto disse que procurou bandas como Fresno e Restart para pedir desculpas - Reprodução / Instagram
Dinho Ouro Preto disse que procurou bandas como Fresno e Restart para pedir desculpas Imagem: Reprodução / Instagram

Do UOL, em São Paulo

26/11/2020 12h39Atualizada em 26/11/2020 18h32

Dinho Ouro Preto se redimiu publicamente por críticas feitas a bandas como Fresno e NX Zero no passado e atingir seus fãs.

O vocalista do Capital Inicial fez um vídeo e publicou no seu canal oficial no YouTube, intitulado "Me Arrependo do que Disse Sobre as Bandas Emos".

"A vida dá voltas, Eu falei alguma groselha sobre o NX Zero e sobre o Fresno. Eu me arrependi. Lembro que era uma entrevista com o Lobão", contou.

Em 2010, ele conversou com o amigo roqueiro e apresentador na MTV, e afirmou que as bandas estavam "mais para Menudos".

Dinho atribuiu suas críticas ao comportamento parecido com o de Lobão.

"Foi um engano. Eu já tinha me desculpado com o Lucas [líder do Fresno]. O Lobão se caracterizou por esculhambar muito as obras dos outros. E durante muito tempo eu fazia algo parecido", completou.

Segundo ele, Lucas Silveira chegou até produzir o último disco do Capital Inicial, "Sonora", o que mostra uma superação das críticas do passado.

Lucas aceitou as desculpas no Twitter, e brincou: "Tá desculpado, mas agora preciso de um cover de 'cada poça dessa rua tem um pouco de minhas lágrimas' para selar a parceria".

Dinho lembrou das influências da geração antiga, com movimentos da "Tropicália", e o contraponto da sua — ele iniciou a carreira nos anos 80 —, com uma postura crítica aos artistas.

"Eu estava vendo o caminho que o rock brasileiro seguia. Via as gerações se sucedendo. Tinha Raul, Rita, Mutantes. Depois a nossa geração. Depois tem Charlie Brown, Planet Hemp, Raimundos. Todas se seguiram. A impressão que tive é que em algum momento o rock havia tropeçado em qualidade. Acredito que a queda estava visível em artistas como o Restart", explicou.

Dinho ressaltou que há muito talento nas gerações q que, na verdade, ele deveria ter feito o contrário, dando visibilidade.

"Eu não gosto da música do Restart, mas eu fui buscar eles. Não quero ser um cara pautado por falar mal da carreira", afirmou.

Famosos