PUBLICIDADE
Topo

TV e Famosos

Covid tirou último abraço que eu poderia dar no meu pai, diz cantor Luciano

O cantor Luciano se emociona ao falar do pai no progrma É De Casa, da TV Globo - Reprodução/TV Globo
O cantor Luciano se emociona ao falar do pai no progrma É De Casa, da TV Globo Imagem: Reprodução/TV Globo

Do UOL, em São Paulo

28/11/2020 14h38Atualizada em 28/11/2020 19h19

O cantor Luciano gravou um vídeo emocionado falando sobre o pai, Francisco, que morreu nesta semana após uma parada respiratória, para o programa "É De Casa", da Globo.

"Essa covid tirou de mim o último abraço que eu poderia dar no meu pai. A covid tirou o meu último abraço no meu pai, a despedida, e também tirou aquele abraço de conforto, quando alguém vem e te abraça, e que até agora não recebi. Até agora não recebi um abraço", disse o cantor, que não segurou a emoção e chorou.

Francisco estava internado em um hospital particular de Goiânia. Luciano relembrou o convívio "doce" com o pai e contou que descobriu que estava com covid-19 justamente antes de viajar para visitar Francisco na capital goiana. Por causa do diagnóstico positivo, ele cancelou a viagem.

"Eu estive com meu pai uma semana antes de ele falecer. E quando eu estava lá, da última vez, eu senti alguma coisa diferente. Eu senti que era o último abraço que eu ia dar no meu pai", contou.

O sertanejo disse ainda que acreditar que "Deus tem um plano para tudo" tem o ajudado neste momento e que ele espera poder abraçar o pai de novo em outro plano.

"Eu sei que vou abraçá-lo um dia, eu vou encontrar com o meu pai. Aí vou dar o abraço que não pude dar nele. O abraço que eu não pude dar nele, eu vou dar lá", disse apontando para cima.

Francisco tinha 83 anos e ficou internado por mais de 10 dias no hospital. Ele foi enterrado em Goiânia, na presença dos filhos Zezé di Camargo e Wellington Camargo, da neta Wanessa Camargo e outros familiares. A viúva, Helena Camargo, não acompanhou o cortejo.

TV e Famosos