PUBLICIDADE
Topo

Borat de 'Amor e Sexo' tem alta adiada e segue internado

Bruno Miranda, o Borat, segue internado após ser baleado por PM - Reprodução/Instagram/BrunoMiranda
Bruno Miranda, o Borat, segue internado após ser baleado por PM Imagem: Reprodução/Instagram/BrunoMiranda

Colaboração para o UOL, em São Paulo

06/12/2020 11h55

Bruno Miranda, o Borat do programa Amor e Sexo, teve a alta hospitalar, que era prevista para este final de semana, adiada. A notícia foi dada através do Instagram do ator.

"Maria passa a frente, pisa na cabeça da serpente, Cruz Sagrada seja minha luz. Deus dê forças e cura para meu filho, que se encontra na enfermaria do Hospital Lorenço. Obrigada pelo carinho da equipe médica e de enfermeiros e todos meus amigos, que estão junto comigo, firmes em oração. Deus cuide de todos nós", diz a legenda do post.

Em uma briga de trânsito, Bruno teve o rim direito e o intestino atingidos por um tiro disparado pelo PM Fabio dos Santos. Ele foi operado e a bala foi retirada. O ator chegou a receber uma bolsa de colostomia para apoiar no tratamento.

O policial que disparou o tiro foi preso e vai responder por tentativa de homicídio e porte ilegal de arma. Ele possui duas passagens pela polícia, uma por falso testemunho e outra lesão corporal feito a uma ex-namorada.