PUBLICIDADE
Topo

Andressa Urach critica pastores da Universal: 'Vão ver quem é o diabo'

Do UOL, em São Paulo

15/01/2021 12h54Atualizada em 15/01/2021 17h07

A modelo Andressa Urach gravou uma série de vídeos em que acusa pastores da Igreja Universal do Reino de Deus de a associarem com Satanás.

Andressa exigiu que os líderes da igreja a qual ela integrou até ano passado não usem a sua imagem.

"Se vocês ficarem usando a minha imagem e ficarem me citando em reuniões, principalmente a Cristiane Cardoso [apresentadora casada com o bispo Renato Cardoso e filha de Edir Macedo], vocês vão ver quem realmente é o diabo, já que estão me comparando", disparou.

A ex-miss bumbum, que também foi demitida da Record TV, ainda disse que estava bem levando a vida do jeito que acredita.

Estou muito bem casada, graças a Deus. Estou me mantendo calada, mas eu não admito que usem minha imagem para comparar a Satanás. Você vão ver o Satanás de verdade. É só eu falar e mostrar os áudios e tudo o que sei"

Procurada pelo UOL, a Igreja Universal afirmou que "não fez tal uso de imagem" e que, portanto, "não tem nada a declarar."

Andressa Urach rompeu com a igreja e foi demitida da Record TV em 2020. Nas redes sociais, ela desabafou sobre como era sua rotina.

"Depois de 6 anos de lavagem cerebral onde me fizeram acreditar que eu tinha que dar meu tudo para Deus. Levaram praticamente tudo que eu tinha. Foi mais de um milhão e meio de reais que doei nesses últimos anos para a instituição, fora o meu amor e tempo que dediquei como todos sabem. Agora que não tenho mais dinheiro para dar, ainda fui demitida da Record. Parabéns Igreja Universal por levar minha alma ao inferno", afirmou na época.