PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Atriz pornô é demitida de restaurante fast-food nos EUA por conta de vídeos

Lonna Wells, 33, foi demitida de um Taco Bell - Reprodução/Instagram
Lonna Wells, 33, foi demitida de um Taco Bell Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

20/01/2021 13h22

Lonna Wells, 33, estava trabalhando em um restaurante da rede Taco Bell no estado norte-americano do Arkansas quando recebeu o aviso de que um cliente reclamou que ela fazia filmes pornográficos. Ele usou o argumento de que, "como um cristão temente", ele não se sentia mais confortável em comparecer ao estabelecimento por conta da presença dela. Depois disso, Lonna foi demitida.

"Eles nem mesmo me deram um aviso ou esperaram eu chegar lá para dizer algo. Eu comecei a chorar muito. Eu não sei se é porque eu estava brava, ou chateada, ou um pouco das duas coisas", declarou ela ao site The Daily Beast.

Lonna apareceu em vídeos do canal PornHub e foi indicada a dois prêmios AVN, conhecido como o Oscar do pornô. Entretanto, com a pandemia, Lonna — que possui também uma página no site OnlyFans — achou melhor deixar as gravações e resolveu procurar outro emprego até a crise do coronavírus passar.

A atriz disse que já havia revelado sobre sua ocupação para seus superiores no Taco Bell e que lhe garantiram que isso não seria um problema.

"Eu fui muito aberta e disse: 'Isso é o que eu faço como um emprego e tenho feito isso desde 2017, isso vai causar problemas?'; e o gerente disse: 'Não, o que você faz em seu tempo livro é problema seu'".

Agora, ela abriu uma página de crowdfunding para conseguir comprar comida e pagar as contas.

Famosos