PUBLICIDADE
Topo

Melhem: Defesa lamenta apuração na Justiça apenas após 'julgamento' público

Marcius Melhem é acusado de assédio sexual - Reprodução
Marcius Melhem é acusado de assédio sexual Imagem: Reprodução

Marina Marini

Do UOL, em São Paulo

25/01/2021 13h14

Em meio à formalização de outras denúncias de assédio sexual, a defesa de Marcius Melhem lamentou que a apuração do caso na Justiça comece somente após o "julgamento" público.

Conforme noticiado hoje na coluna de Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo, oito mulheres formalizaram as denúncias contra Melhem e a promotora Gabriela Manssur deve encaminhar os depoimentos a promotores do Rio de Janeiro.

Além disso, Manssur também deve recomendar ao Ministério Público a abertura de um inquérito criminal e a adoção de medidas cautelares. Procurada pelo UOL, a promotora disse que não está mais se manifestando sobre o caso.

Já a defesa do ex-diretor da área de humor da TV Globo, também procurada pela reportagem, reconheceu que o encaminhamento dos relatos é um "passo natural dentro do rito judiciário", mas lamentou que tenha acontecido baseado na "tentativa de julgamento apenas na opinião pública."

"Essa apuração feita onde deve ser - na justiça - é o que Marcius Melhem pede desde o início. Só lamentamos que isso tenha sido feito a nosso pedido e depois da tentativa de julgamento apenas na opinião pública", diz o comunicado enviado ao UOL.

"Melhem coloca à disposição da justiça toda sua comunicação, telefônica ou digital, periciada e sem restrições. Importante que todos saibam de verdade como as relações se davam e a responsabilidade de cada um. Que tudo seja esclarecido", segue a nota.

Atualmente, o humorista move ações contra a revista Piauí, Danilo Gentili, Rafinha Bastos, Marcos Veras e Felipe Castanhari.

Os processos foram protocolados em meio às acusações de assédio contra o ex-diretor da área de humor da TV Globo, que foram divulgadas detalhadamente pela reportagem da Piauí. A defesa do humorista também entrou com uma ação de indenização por danos morais e materiais contra Dani Calabresa.

Relembre o caso

A publicação de uma reportagem da revista Piauí que detalhou os supostos assédios do ex-diretor área de humor da Globo contra atrizes da emissora foi responsável por trazer o assunto de volta à tona.

Dani Calabresa, principal vítima relatada na matéria, recebeu inúmeras mensagens de apoio de outros famosos nas redes sociais.

Já a Globo disse 'não tolerar comportamento abusivo' após denúncias contra Marcius Melhem.