PUBLICIDADE
Topo

Dolly Parton ainda não recebeu vacina contra Covid-19: 'Vou esperar'

Reprodução
Imagem: Reprodução

Colaboração para o UOL, no Rio de Janeiro

02/02/2021 18h57

Após ter doado 1 milhão de dólares para um fundo de pesquisas acadêmicas no início da pandemia, Dolly Parton ainda não foi vacinada. Em entrevista ao Associated Press, a cantora de 75 anos disse que está esperando e que não gostaria de ter algum tipo de privilégio sob outras pessoas.

"Não vou receber a minha [vacina] até que mais pessoas recebam a delas. Não quero que pareça que estou pulando a linha só porque doei dinheiro. Vou ter a minha, mas vou esperar."

Parton explicou ainda que está na idade legal de ser vacinada legalmente, após seu aniversário em 19 de janeiro. "Fiz 75 anos. Eu ia fazer isso [me vacinar] no meu aniversário e pensei: 'Nah, não faça isso. Vai parecer que você está apenas fazendo um show.' Nenhum dos meus trabalhos são realmente assim", acrescentou.

A cantora e compositora revelou também que espera que, ao receber a vacina, possa incentivar outras pessoas a fazerem o mesmo.

"Quando eu conseguir, provavelmente farei isso diante das câmeras para que as pessoas saibam e contarei a verdade, se eu tiver sintomas e tudo mais", disse ela. "Espero que isso encoraje as pessoas."

Dolly Parton disse que a decisão de ajudar financeiramente a encontrar uma cura para a Covid-19 veio após uma oração. Foi então que, no início da crise sanitária, a cantora procurou a universidade Vanderbilt, em Nashville, nos Estados Unidos, e ofereceu a grande quantia em dinheiro.

"Recebo muito mais crédito do que mereço, mas estou feliz por fazer parte de tudo isso", acrescentou ela.

De acordo com a Bloomberg, a vacina financiada por Dolly Parton está, atualmente, tendo a primeira dose aplicada em mais de 26,5 milhões de pessoas nos Estados Unidos.