PUBLICIDADE
Topo

Televisão

Cid Moreira elogia 'The Voice+': 'Todos lutaram pelo seu lugar ao sol'

Cid Moreira lançou a Rádio Conhecer com programação 24 horas transmitida via internet - César Abreu/Divulgação
Cid Moreira lançou a Rádio Conhecer com programação 24 horas transmitida via internet Imagem: César Abreu/Divulgação

Colaboração para o UOL, em São Paulo

02/03/2021 11h28

Cid Moreira tem mostrado que se tornou fã do "The Voice+", versão do reality show para participantes com mais de 60 anos, atualmente em exibição pela Globo. Em entrevista ao "Gshow", o jornalista de 93 anos comparou sua trajetória de vida com a dos cantores e cantoras que sobem ao palco em busca da vitória.

"Minha história foi bem árdua. Lutei bastante para crescer profissionalmente, passei muitos perrengues também. No começo, ganhava muito pouco e trabalhava muitas vezes até 14 horas por dia. Como a maioria, andei de trem, bonde, morei em pensão... Até começar a ser reconhecido e ganhar melhor. E não desisti nunca", disse o veterano.

Segundo ele, os participantes do "The Voice+" também ralaram muito para correr atrás de seus sonhos. "É como eles mostram aqui e Milton Nascimento diz tão bem em sua música: os sonhos não envelhecem", afirmou, referindo-se à musica "Clube da Esquina nº 2", cantada pelo compositor mineiro.

No palco, eles se tornam aqueles meninos e meninas que amam o que fazem, trazem vibração e alegria de vida para quem ouve. Eu aprecio demais isto, pois eles têm níveis altíssimos.

No bate-papo, Cid recordou que também trabalhou, durante um período, com a música — mas sem cantar. "Trabalhei pelo Brasil apresentando cantores, sempre acompanhados de orquestras. Tenho ótimas recordações de quando apresentava o querido Orlando Drummond nos palcos, ele cantava músicas do Sinatra. Aliás, ele canta muito bem com aquela voz maravilhosa! Era como se fosse um cartaz para eles e para mim".

Em seguida, o jornalista — que já tomou a primeira dose da vacina contra a covid-19 — elogiou o reality musical :"Sou muito fã do André Marques, ele está cada vez melhor como apresentador. A Claudinha Leitte é uma graça de pessoa e excelente cantora, contribui demais para o programa. Admiro Daniel e sua afinação. Ludmilla e Mumuzinho, cada um com sua maneira, trazem alegria e vida", frisou.

Em seguida, disse se emocionar com a relação que os técnicos criam com seus "protegidos" no programa. "Todos eles lutaram muito pelo seu lugar ao sol e, por isso, são sensíveis aos que estão se apresentando ao grande público a primeira vez. Por todos esses motivos, procuro sempre assistir", contou, mesmo sem querer arriscar um palpite sobre um vencedor.

"Deixo para o júri essa árdua missão. Aqui só vou curtir!", finalizou, sorrindo.

Televisão