PUBLICIDADE
Topo

Reginaldo Faria processará jornalista após desmentir boato: 'Irresponsável'

O ator Reginaldo Faria - Reprodução / TV Globo
O ator Reginaldo Faria Imagem: Reprodução / TV Globo

Ana Carolina Silva e Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

23/03/2021 16h27

Reginaldo Faria entrará na Justiça contra os responsáveis por divulgar a informação de que ele se recusou a tomar a vacina contra a covid-19 e que por isso teria sido cortado da próxima novela das 21h da Globo, "Um Lugar Ao Sol". A notícia se espalhou pelas redes sociais após a informação ser divulgada pelo site Metrópoles.

O ator de 83 anos acionou o advogado Ricardo Brajterman, que tomará as medidas judiciais contra a jornalista Carla Bittencourt, autora do texto, e o site Metrópoles.

"É mentira que ele não tenha tomado a vacina e que tenha se retirado da novela. Ele quer processar todo mundo que divulgar esta mentira", afirmou o advogado.

"De forma irresponsável inventaram uma grande mentira a respeito de um consagrado ator e justamente num momento delicado no país. Ele como influenciador de várias gerações jamais poderia ser retratado desta forma,l uma vez que é admirado por milhões de pessoas", esclareceu Brajterman.

Ao UOL, a jornalista Carla Bittencourt afirmou: "Eu não disse que ele não tinha tomado vacina. Eu disse que ele havia falado que não tomaria. E que a Globo achou melhor substituí-lo. Foi exatamente isso que aconteceu nos bastidores dessa troca". Procurada, a direção do Metrópoles endossou a declaração da jornalista.

À reportagem, a Comunicação da Globo confirmou que o ator já tomou as duas doses da vacina, no Rio de Janeiro, e chamou o boato de "mentiroso e irresponsável".

"Assim como outros atores do grupo de risco, [Reginaldo] foi poupado das gravações e afastado do elenco, de comum acordo, para preservar sua saúde. Reginaldo deve fazer uma participação na trama ao final das gravações", diz o comunicado.

No Instagram, o ator Marcelo Faria, filho de Reginaldo, postou o momento em que o pai toma a segunda dose da vacina. "Estou indignado! Gente podre. Vacina sim, negacionistas não".